Que campanha

Publicação: 2018-11-07 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

Irretocável a campanha que garantiu ao Fortaleza o acesso para a Série A com quatro rodadas de antecedência. Os números do time comandado por Rogério Ceni expressam de forma clara e irreparável a excelente campanha do Leão. Até o acesso antecipado foram 34 rodadas dentro do G4, com aproveitamento de 62,7% lembrando que a coluna foi fechada antes da conclusão do confronto com o CSA.

Distância só aumenta
Vendo a campanha do Fortaleza que subiu para a Série A, de Ferroviário e Treze que foram para a C fico preocupado com o distanciamento cada vez maior de ABC e América da faixa intermediária do futebol brasileiro, que é a Série B. Vejam que neste ano, o ABC não caiu por pouco e o América, em um quadro ainda mais preocupante foi eliminado ainda na primeira fase da D. Esperar que em 2019 os erros não se repitam e que os dois possam subir um degrau cada um. Tem dirigente que suporta ouvir ou ler, mas a definição clara para o que aconteceu na atual temporada é uma só, incompetência. Erraram demais, não souberam fazer a coisa certa.

Distância só aumenta I
O ABC que neste ano ganhou o Estadual e foi semifinalista da Copa do Nordeste, mas que foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil e ficou encostado na zona de rebaixamento da Série C não mexeu na estrutura do futebol. Manteve a comissão técnica comandada por Ranielle Ribeiro e manteve o executivo de futebol, Giscard Salton os responsáveis pela montagem do fraco elenco de 2018. O atual presidente Paulo Tarcisio e o que vai assumir em novembro, Fernando Suassuna colocaram as digitais no trabalho que vem sendo feito no futebol do alvinegro.

Distância só aumenta II
Depois do fracasso na atual temporada, o América fez a coisa certa, em tese fez a coisa certa, contratando um executivo de futebol, Armando Dessesards e mudando a comissão técnica, apostando em Luizinho Lopes. Não tem como cravar que vai dar certo, mas os caras viram que não podiam continuar insistindo no erro. Avaliação mais detalhada do inicio de trabalho vai ser com a divulgação do elenco que está sendo montado.
Embratex Sem nenhum anúncio oficial, o América acertou com um novo fornecedor de material esportivo. Trocou a Kanxa pela Embraex, empresa que tem como clientes o Criciuma, Boa, Cabofriense, Americano do Rio e Imperatriz do Maranhão.

Matematicamente na B
O Paraná é o primeiro time matematicamente rebaixado para a Segundona 2019. Tricolor caiu com uma campanha bisonha, com apenas 18 pontos. Chapecoense, América Mineiro, Vitória e Sport são os que correm mais risco de degola. Botafogo e Vasco estão um pouco mais distantes do precipício.

Normal
Nada de estranho e tampouco ilegal a homenagem que Diego Souza prestou ao presidente eleito do Brasil, Jair Boslonaro, depois de marcar contra o Flamengo. Não faz muito tempo e Raí, diretor executivo do tricolor criticou Bolsonaro. Democracia é assim. Está certo Diego Souza quando pede respeito ao gesto que ele praticou.

Túnel do tempo
Do meu blog 26/08/2017: Projeto de Lei de autoria do deputado Jacó Jácome que foi apresentado à Mesa Diretora da Assembléia Legislativa e que na próxima semana passa a tramitar nas Comissões Temáticas da Casa, institui o Programa Torcida Nota 10 e assegura aos portadores de nota fiscal de venda direta ao consumidor ou cupom de caixa, a permuta por ingressos para eventos esportivos, com o objetivo de estimular a participação social no incremento da receita tributária do estadual e incentivar o desporto em geral.

Túnel do tempo I
Em seu artigo segundo, o projeto registra que a permuta de nota fiscal por ingresso acontecerá nas competições das modalidades olimpicas pelas federações amadoras de desporto, e nos campeonatos estadual, regional e nacional de futebol profissional pela FNF e CBF, sendo repassados aos clubes filiados os valores correspondentes ao feito, de acordo com o volume de notas trocadas em cada evento.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários