Queniana Jepchirchir supera seu recorde mundial na meia maratona na Polônia

Publicação: 2020-10-17 17:48:00
A queniana Peres Jepchirchir melhorou em 18 segundos o seu recorde mundial da meia maratona. Neste sábado, a corredora cravou a nova marca na cidade de Gdynia, na Polônia, numa prova com seis atletas cravando marcas abaixo dos 66 minutos.

O recorde anterior era de 1h05min34s, conquistado por Jepchirchir em Praga, na República Checa, faz um mês. Agora ela cravou nova marca no Campeonato Mundial de Meia Maratona, defendendo o título conquistado em Cardiff, em 2016. É bicampeã

A queniana de 27 anos terminou a prova com o tempo de 1h05min16, seguida bem de perto por Melat Yisak Kejeta, da Alemanha, que cruzou apenas dois segundos depois e por Yalemzerf Yehualaw, da Etiópia, três segundos atrás.

Na prova masculina, o jovem Jacob Kiplimo, de Uganda, de apenas 19 anos, levou o ouro ao cravar o recorde do campeonato. Ele cravou 58 minutos e 49 segundos para terminou à frente de Kibiwott Kandie, do Quênia, que ficou com a prata. O etíope Amedework Walelegn terminou em terceiro.

Compatriota de Kiplimo e recordista mundial dos 5 mil e 10 mil metros, Joshua Cheptegei estreou na meia maratona com a quarta colocação, fazendo 59 minutos e 21 segundos.

Kiplimo ficou a 11 segundos de igualar a melhor marca do ano na meia maratona, realizada em Praga, no mês passado, por Kandie.

O Mundial de Meia Maratona estava inicialmente programado para março, na Polônia, mas foi adiado para este mês por causa da pandemia de covid-19.

Estadão Conteúdo