Cookie Consent
Um estabelecimento que cobrou R$ 160 de uma turista pelo consumo de uma cerveja, um refrigerante e a cessão de uma barraca pelo período de uma hora atuava em uma área sem permissão para prática comercial. A informação foi confirmada pela Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal (Semurb), responsável pela fiscalização da atividade de quiosques e locadores de mesas/cadeiras no local. 

Adriano Abreu
Episódio ocorreu em Ponta Negra, um dos mais importantes pontos turísticos da capital potiguar

Episódio ocorreu em Ponta Negra, um dos mais importantes pontos turísticos da capital potiguar


"Pessoas não autorizadas estão se infiltrando em áreas de uso proibido para prática comercial com colocação de mesas, cadeiras e guarda-sóis, como foi o caso onde ocorreu a denúncia de prática abusiva, que é área é de uso exclusivo dos banhistas", afirmou a pasta, em nota enviada à imprensa nesta terça-feira (11). 

Atualmente, a praia de Ponta Negra conta com 53 locadores de mesas/cadeiras e 28 quiosqueiros autorizados a exercer atividades na praia. A regularização estipula locais para que a prática comercial seja permitida, algo que não teria sido respeitado pelo estabelecimento onde o caso foi registrado, segundo a pasta. 

Ainda segundo a Semurb, a fiscalização deve ser intensificada como ação da Operação Verão e deve contar contar com o apoio de outras secretarias. Situações como a citada anteriormente podem ser denunciadas na ouvidoria da pasta no telefone (84 3616-9829, com funcionamento de segunda a sexta, das 8h.

Caso
O episódio ocorreu na última segunda-feira (3). Uma turista denunciou a cobrança abusiva em um quiosque da orla de Ponta Negra. Ela reclama que pagou R$ 160 após consumir uma cerveja Heineken (330 ml), um refrigerante Coca-Cola (lata) e permanecer na barraca por cerca de uma hora. Do valor total, R$ 60 correspondia apenas à cessão da estrutura da barraca. O valor chegou a ser "negociado" para R$ 50. Testemunhas relataram, posteriormente, que barracas próximas ao estabelecimento cobravam valores bem inferiores (entre R$ 15 e R$ 25).

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte