Natal
Recursos para construção de nova ponte são liberados
Publicado: 00:00:00 - 20/01/2022 Atualizado: 23:09:18 - 20/01/2022
Com a liberação de R$ 40 milhões para construção da "Ponte dos Mártires", os preparativos para o processo licitatório devem ser finalizados em até 120 dias. O novo acesso ligará o Aeroporto Internacional Aluízio Alves à capital potiguar e a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante se prepara para dar os próximos passos do empreendimento. Segundo o secretário municipal Vagner Araújo, da pasta de Desenvolvimento Econômico e Turismo, ajustes finais serão realizados no projeto para dar início aos preparativos da licitação. Além disso, o município também buscará o devido licenciamento ambiental necessário para realização da obra. Os recursos são provenientes do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), oriundos do Orçamento Geral da União.

Magnus Nascimento
Rogério Marinho destacou que nova ponte traz um incentivo ao turismo. Licitação para a obra ainda será lançada

Rogério Marinho destacou que nova ponte traz um incentivo ao turismo. Licitação para a obra ainda será lançada


Com o contrato de repasse entre a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante e a Caixa Econômica Federal já assinado, a cerimônia de anúncio ocorreu no Monumento aos Santos Mártires em Uruaçu, onde o ministro Rogério Marinho reforçou o empenho dos recursos necessários para a obra.  A  "Ponte dos Mártires", como será denominada, fará a ligação do Santuário dos Mártires de Uruaçu, que tem acesso para o aeroporto, com os bairros Quilômetro 6 e Quintas, nas proximidades da avenida Mor Gouveia em Natal. A proposta de emenda veio do deputado federal João Maia (PL) e foi solicitada pelo Prefeito Paulo Emídio (PROS) junto ao MDR.

“Temos uma obra muito importante porque incentiva o desenvolvimento do turismo religioso no estado, uma tendência mundial que além de reforçar a fé, gera emprego, renda, dignidade e qualidade de vida. Mas também é muito importante porque o governo federal acaba de publicar as regras de relicitação do aeroporto de São Gonçalo, nossa porta para o resto do Brasil e mundo. A terceira ponte valoriza esse instrumento e dá uma mobilidade com maior segurança e qualidade para o povo potiguar", afirmou o deputado João Maia.

Segundo Rogério Marinho, o investimento federal na obra, que será executada pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, trará um grande benefício ao estado. “Esse é mais um recurso importante que garantimos para o Rio Grande do Norte e que vai beneficiar milhares de moradores da região metropolitana de Natal, além dos turistas que chegam ao nosso estado pela via aérea. O projeto, como um todo, é bastante vultoso, são em torno de R$ 400 a 500 milhões. Essa é uma perna do projeto, estamos fazendo de forma segmentada mas temos algo robusto que já foi submetido aos técnicos da Prefeitura e do Banco Mundial. Não tenho dúvidas que isso vai facilitar muito, até para abreviar o período em que iremos iniciar a obra”, destaca.

Com extensão de 400 metros e 10 metros de largura, a ponte será construída no local mais estreito de travessia sobre o rio Jundiaí, efluente do rio Potengi. A estrutura do acesso incluirá um passeio intertravado em ambos os lados de 2,50 metros, bem como 7 metros de pista de rolamento com duas faixas de circulação para veículos. A iluminação pública em LED também está prevista no projeto para o local.

O prefeito Paulo Emídio aproveitou o momento para ressaltar a importância da obra, ao oferecer mais um ponto de acesso para potiguares e turistas ao Aeroporto Internacional. "Esse projeto tem um grande alcance social e deve aproximar o Santuário de Natal através dessa ponte, melhorando o turismo e proporcionando um novo acesso ao Aeroporto Aluízio Alves. Elaboramos o projeto que demandou muitos estudos ecológicos e depois desse momento fomos buscar parcerias para custear a obra, o que conseguimos com o auxílio do deputado João Maia e o ministro Rogério Marinho", pontuou.

Novos investimentos 
A liberação de recursos para a "Ponte dos Mártires" deve iniciar um ano bem movimentado quanto aos investimentos federais na rede viária potiguar. "Na próxima semana, o prefeito de Natal deve estar anunciando obras importantes, por exemplo, da ligação entre o bairro Planalto com Cidade Nova por cima da via férrea. Temos também as trincheiras da Alexandrino de Alencar, tanto na altura da Prudente de Moraes como da Hermes da Fonseca, são mais de R$ 50 milhões em intervenções", informou o ministro  Rogério Marinho.

"Vamos inaugurar a expansão do trem metropolitano, tanto na área do eixo norte até o Distrito Industrial, como no trecho sul até Nísia Floresta, passando por São José do Mipibu e Cajupiranga. Serão mais de 20 km de trilhos agregados a nossa malha ferroviária, trinta composições ferroviárias e três locomotivas. Há mais de trinta anos não havia investimento no trem urbano, as pessoas terão um transporte com maior regularidade, conforto, segurança e com o valor bem mais em conta do que o transporte rodoviário", finaliza.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte