Reforma da Previdência

Publicação: 2019-10-06 00:00:00
A+ A-
Gustavo Figueirêdo
Especialista em Saúde Mental e Psicólogo Clínico

Ultimamente, os parlamentares estão realizando o processo para aprovação da reforma da previdência; como todos sabem. Para isto está em curso uma dinâmica para aceitação que: retifica ou ratifica textos, discussões pra cá, discussões pra lá; assim, dentre outras coisas. Mas, venho por meio deste, explanar outro tipo de reforma da previdência.

Previdência, também, significa: “faculdade de ver antecipadamente; antevidência, presciência.”. Ou seja, aquilo que podemos acessar antes de acontecer de fato. Algo que pré-exista, que passe a existir previamente. Mas, como realizar esta qualidade de previdência num mundo onde o uso, em excesso, de ansiolíticos vem tão evidente?

A ansiedade nos permite até acessar o futuro previamente, mas com aspecto negativo. Para quem faz usufruto desta inquietude, bem sabe que o amanhã surgi, vias pensamentos, mas de forma torturante. Impedindo-se de viver o aqui e o agora de maneira plena.

Outro formato de vivenciar esta qualidade de previdência é pelas vias espirituais. Já que este (o espiritual) vem fazendo parte, enquanto bem-estar, pela definição da palavra saúde; segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Entretanto, a Sagrada Escritura define previdência (entendida como Fé), enquanto: “A fé é um modo de já possuir aquilo que se espera, é um meio de conhecer realidades que não se vêem.” (Hb 11,1).

Contudo, como reformular a nossa vida para que permitamos estar em Paz no presente? Parece-me que viver assim nos permite estender o tapete vermelho para o amanhecer. Caso percebas que tenhas dificuldades de galgar esta Paz, por conta própria; por que não buscar ajuda? Seja através de um líder espiritual, ou seja, através pelo processo psicoterapêutico. Possivelmente, o seu nível de ansiedade venha diminuir. E a contribuir para exercer o futuro, no presente, de uma forma saudável.

Por fim, caro leitor, eis a questão! Como pretendes instituir a tua reforma da previdência? Em Paz ou através de ansiolíticos?


Deixe seu comentário!

Comentários