Região Oeste é território atrativo

Publicação: 2014-01-19 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O cenário antes dominado por empresas ligadas às cadeias produtivas de setores produtivos tradicionais como fruticultura, petróleo e sal começa a ganhar outros contornos. A economia de Mossoró, segunda maior cidade do Estado, abre espaço para a diversificação, com a abertura de negócios que até então tinham pouca influência econômica. Variados nichos de mercado atraem empreendedores e constatam que o interior potiguar é, hoje, um atrativo cenário para investimentos. Somente entre dezembro de 2010 e dezembro de 2013, o município registra a criação de 4.659 novos negócios optantes pelo Simples Nacional.

São micro e pequenos empreendimentos que buscam, nos novos nichos de mercado que despontaram nos últimos anos, uma oportunidade para escrever uma nova história no empreendedorismo de pequenas e médias cidades do estado.
fred verasEmanoel Rivelino se espelha no trabalho do pai para se tornar um empreendedor de sucesso como forncedor para salões de belezaEmanoel Rivelino se espelha no trabalho do pai para se tornar um empreendedor de sucesso como forncedor para salões de beleza

Para a analista do  Sebrae em Mossoró, Érica Medeiros, o número elevado de recentes registros é reflexo do surgimento de novos nichos de mercado em cidades do interior. Segundo ela, apesar de já existirem há alguns anos, certos segmentos não eram enxergados como oportunidades de mercado.

“As pessoas começaram a enxergar o interior como oportunidade. Eram inúmeros os casos de pessoas que saiam para estudar na capital e quando formados, investiam lá mesmo. Atualmente o quadro é reverso, os empreendedores saem da academia e fazem o caminho de volta investindo em suas cidades de origem e incrementando o potencial local”, acredita.

De acordo com Érica Medeiros, este é um setor bastante apelativo, e a busca incessante pela beleza contribui para o aumento no número de empreendimentos, como clínicas de estética, salões de beleza, academias, entre outros.

“Sem dúvidas este é um dos melhores setores para se investir. As pessoas estão cada dia mais buscando melhorar a aparência, e isso faz com que, pessoas com visão empresarial, enxerguem a demanda e invistam no setor. Recebemos demandas de empreendedores diariamente para este setor, que não registra crise”, avalia.

Mas nem só de beleza vive o novo empreendedorismo da segunda maior cidade do estado. As oportunidades se multiplicam, também, nos setores de comércio e indústria. Este último, com registro de elevado potencial e disponibilidade de matéria prima, que devem servir de atrativos para a chegada e abertura de novos negócios.

“Em planejamento realizado recentemente, constatamos que o setor da indústria em Mossoró é muito promissor. É uma aposta para empreendedores que pretendem investir na cidade. Temos a presença de muito calcário, uma fruticultura forte, que pode atrair indústrias de processamento, entre tantas outras alternativas”, complementa Érica.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários