Rei dos clássicos, se mostra otimista contra o Botafogo

Publicação: 2019-11-07 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Os clássico têm tido um sabor especial para o atacante Bruno Henrique. Um dos artilheiros do Flamengo na temporada, o jogador tem feito a diferença nos confrontos recentes contra os rivais cariocas: já são nove gols em onze jogos. Em sua estreia pelo Rubro-Negro, Bruno marcou duas vezes na vitória sobre o Botafogo, por 2 a 1, no Campeonato Carioca. Hoje, às 20h, no Estádio Nilton Santos, o atleta reencontra o alvinegro em mais uma partida pelo Campeonato Brasileiro e se mostra muito motivado para tentar ajudar o clube a se manter na liderança e mais próximo da conquista do título brasileiro. 

Bruno Henrique já balançou a rede de Vasco, Botafogo e Fluminense onze vezes na temporada
Bruno Henrique já balançou a rede de Vasco, Botafogo e Fluminense onze vezes na temporada

“É um clássico mais que especial. Foi onde estreei, com dois gols e é um clássico. Vou voltar ao local onde fui muito feliz no meu primeiro jogo. Muito motivado para encarar esse jogo. É mais uma final para nós. Espero fazer novamente uma grande jogo”, disse.

Bruno Henrique afirma que está no auge da carreira no Flamengo e diz que esse bom momento casou com a fase da equipe.

“Feliz pelo momento, pela minha trajetória no Flamengo. Em 11 meses consegui chegar ao auge da minha carreira. Momento muito bom, assim como o Flamengo. Casou tudo”, destacou.

O Botafogo não vem num bom momento, mesmo com a troca de treinador o clube não conseguiu a reação que se esperava e necessita marcar pontos diante do líder do Brasileirão, para buscar a empreender uma fuga das proximidades da zona de rebaixamento, o que vem deixando o clima entre o clube e torcedores muito tenso nas últimas semanas.

Fluminense
Bastante pressionado pelo risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Fluminense vai reencontrar o seu primeiro técnico na temporada - Fernando Diniz -, em busca da necessária recuperação. A partir das 19h30, hoje, o time enfrentará o São Paulo, no Morumbi, em duelo válido pela 31ª rodada.

Dentro dos gramados, o Fluminense precisa encerrar um jejum de cinco jogos sem vitórias, com apenas dois pontos somados nesses compromissos. E, para isso, terá de melhorar a sua produção ofensiva, pois não foi às redes nas últimas duas partidas. E o desempenho é ainda pior quando a equipe é visitante, com três jogos longe do Maracanã sem gols. "A gente cria, cria, cria, até pela forma de jogar. Agora temos de transformar em gol. Precisamos treinar bastante para melhorar isso", disse Yuri.

O reencontro com Diniz também será uma tentativa de o Fluminense evitar a passagem por nova mudança de técnico de 2019. Afinal, Marcão, que foi o escolhido para suceder Oswaldo de Oliveira, está pressionado há algumas rodadas no cargo, com o empate no clássico contra o Vasco, no fim de semana, tendo lhe dando alguma sobrevida no cargo. Para seguir à frente do Fluminense, Marcão vai pela primeira vez repetir a escalação da equipe entre um jogo e outro, com Paulo Henrique Ganso atuando mais próximo da dupla de ataque composta por Marcos Paulo e Yony González. E a manutenção da formação.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários