Repercussão do vazamento

Publicação: 2019-06-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A governadora Fátima Bezerra (PT) demonstrou entusiasmo com o vazamento  de supostas mensagens trocadas entre o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e procuradores da Lava Jato, na qual discutem detalhes da operação. “Eu nunca perdi a esperança de que esse país iria voltar a fazer Justiça, mas com o vazamento das últimas notícias, eu acredito um pouco mais. A reportagem do site The Intercept deixa clara a falta de convicção da promotoria ao fazer a acusação”, disse. Para ela, o processo deve ser anulado e Lula libertado. O senador Jean Paul Prates, que também é petistas, avaliou como “grave a revelação do Intercept Brasil”. Para ele, o site teria mostrado que “procuradores tramaram em segredo para condenar Lula”. “Precisamos, agora, cobrar um posicionamento da Corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público e do Supremo Tribunal Federal. Não podemos aceitar nenhum processo de exceção com fins políticos”, acrescentou o senador.  Até o fechamento desta edição, o senador Styvenson (PODE) e a senadora Zenaide Maia (PROS) não tinham se pronunciado.

Divergências
O deputado General Girão (PSL) e a deputada Natália Bonavides (PT) também repercutiram o vazamento de supostos diálogo entre o ministro Sérgio Moro e procuradores da República. General Girão defendeu a Lava Jato. “A Lava Jato tem sido o maior grito de independência do Brasil nos últimos anos contra a corrupção. A decisão é sua. De que lado você quer ficar? Do lado dos criminosos ou do lado de quem os ataca? Eu sempre tive um só lado: o da honestidade acima de qualquer coisa”, disse. Enquanto isso, ao criticar à Lava Jato, Natália Bonavides afirmou que o episódio revela uma situação “escandalosa, ultrajante, afrontosa e criminosa”. Ela disse ainda que “enquanto contra Lula não há provas, as provas de que o Partido da Lava Jato agiu para perseguir por interesses políticos eleitorais se avolumam a cada dia.

Ausência entre ‘Os Cabeças’
O Rio Grande do Norte não ficou, desta vez, com nenhum parlamentar entre “Os cabeças do Congresso Nacional”, um estudo elaborado anualmente pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que aponta os 100 deputados e senadores mais influentes. A ausência mostra a fragilidade política da atual bancada federal do RN. Isso significa uma capacidade reduzida para influenciar o debate sobre os principais assuntos que estão em pauta no Congresso, como também para articular conguistas necessárias ao desenvolvimento do Estado. Para fazer a classificação, o Diap adota critérios qualitativos e quantitativos, que incluem aspectos institucionais, de reputação e de decisão, a partir de postos ocupados, capacidade de negociação e liderança.

‘Falta grandeza’
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez um diagnóstico da conjuntura nacional:

“A economia segue patinando. Governo sem mão firme. Revelações de conversas entre juízes e fiscais abrem especulações. O povo paga pelas incertezas com falta de renda e emprego. É hora de juízo: sem entendimento perderemos o bonde da história. Falta grandeza, sobram mesquinharias”.

Cobrança ao Procon
O vereador Ney Lopes Júnior pediu à Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (SEMJIDH) explicações sobre o que apontou como “precariedade nos serviços do Procon-RN”.

Sobras orçamentárias
O jornal O Estado de SP apontou que o Tribunal de Justiça do RN teve uma sobra orçamentária, em 2018, que chegou a R$ 218 milhões. A situação é comum nos demais estados. “A Advocacia-Geral da União (AGU) chamou a atenção para o problema em memorial enviado a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF)”, informou O Estado de SP.

Falhas estruturais
Os vereadores integrantes da Comissão de Saúde da Câmara Municipal estiveram no hospital estadual Dr. Ruy Pereira. “O hospital apresenta falhas estruturais. Muito mofo próximo às torneiras, enfermarias sem ventilação, cadeiras de banho amarradas com ataduras que há um bom tempo estão ali e a gente está lidando com pacientes contaminados, acompanhantes trazendo lençóis que ficam aí sendo reutilizados”, disse a vereadora Carla Dickson.

Financiamentos
O Banco do Nordeste divulgou ontem que contratou R$ 1,4 bilhão com micro e pequenas empresas (MPE) até maio, o que representa crescimento de 68,5% nas aplicações com o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e Recursos Internos (Recin), na comparação com o mesmo período de 2018.

Segurança hídrica
O deputado federal João Maia participou de uma audiência pública, em Caicó, sobre o Plano Nacional de Segurança Hídrica, que pode garantir abastecimento de água regular para a região do Seridó. “O uso das águas através do Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional e a conclusão da Barragem de Oiticica vão garantir o abastecimento”, comentou.

Dino em Natal
O governador do Maranhão, Flávio Dino, estará em Natal na próxima segunda-feira, 17. Ele será o palestrante no Projeto Trilha da Democracia, a partir das  18h, na UFRN.



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários