Representate potiguar é o melhor entre os brasileiros

Publicação: 2010-01-07 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Paulista de nascimento e potiguar por opção! O piloto de moto Tiago Fantozzi, que mora em Natal desde 2008, representa o Rio Grande do Norte e o Nordeste no maior e mais difícil rally do mundo, o Dakar. A largada foi no dia primeiro, em Buenos Aires/Argentina, onde será a chegada, após mais de oito mil quilômetros pelas trilhas, desertos e serras das cordilheiras do Chile e da Argentina. Nesta quarta-feira, Fantozzi garantiu o 20º lugar, sendo o melhor brasileiro na disputa entre as motos, e extra-oficialmente, com esse resultado, está em 18º no geral. “Meu objetivo é ser um dos melhores novatos na prova, até porque é minha estréia, mas eu quero chegar até o fim e completar todos os dias. O Dakar é muito difícil e complicado, não se pode vacilar”, comentou o piloto potiguar. “Sou potiguar e nordestino de coração e por opção. Sou apaixonado pelo estado, seu povo e pela força do sertanejo. Conto com a fé e o apoio de todos e vou até o fim”.

Nesta quarta, foi o primeiro dia disputado em território chileno de Copiapó até Antofagasta. O piloto do país Francisco Lopez Contardo surpreendeu e garantiu sua primeira vitória na competição. Contardo assumiu a ponta apenas no km 456, de um total de 483 da especial, a mais longa do Dakar até agora, que aconteceu entre Copiapó e Antofagasta. O chileno batalhou até o final com Cyril Despres, segundo colocado na especial. Sobre a prova, Tiago Fantozzi comentou: “O que mais impressiona é a recepção do povo argentino, às 3h da manhã tem pessoas lá para nos apoiar. Na competição sou novato, a navegação é diferente da brasileira e estou procurando ao máximo aprender do que acelerar”.

O único piloto que representa o Rio Grande do Norte no maior rally de velocidade do mundo (Dakar), Tiago Fantozzi, pode ser acompanhado mesmo que de longe pelos internautas que admiram o esporte através do microblog Twitter no endereço twitter.com/equipeale. A atualização com todas as informações do que acontece no dia a dia da prova, com 17 dias de duração, é feita pela própria namorada do piloto, Naya Alencar. Ela irá acompanhar o dia a dia da equipe e os bastidores da prova, que recebe pilotos de carro, moto e quadriciclo de várias partes do mundo. No Twitter da equipe, nesta terça, Fantozzi disse: “A maior dificuldade foi na parte física, areia é mto fofa. Venho bem e estou feliz com a classificação”.

Sobre a especial quebradeira do terceiro dia de prova (segunda-04/01), Fantozzi comentou: “Fiquei muito cansado e esgotado, mas sinceramente não estou nem aí. Vou chegar, amigo. Estou decidido e concentrado.” A equipe ALE tem o patrocínio da ALE Combustíveis, Elemidia, Locaweb, Governo do Rio Grande do Norte, Emprotur, 4XM, Claritas, Shefa, Oakley, Circuit, ASW, programas Motores e Ação NE, Platinum Academia e Lazer. Acompanhe informações on line pelowww.webventure.com.br ou www.motoreseacao.com.br . Nesta quinta, 07/01, a caravana parte para a sexta etapa da edição 2010 do Dakar. Serão 598Km percorridos entre Anfagasta e Iquique.

O percurso

• 9.030 quilômetros para carros e caminhões

• 8.937 quilômetros para motos e quadriciclos

• 4.810 quilômetros de especiais (trechos cronometrados) para carros e caminhões

• 4.717 quilômetros de especiais (trechos cronometrados) para motos e quadriciclos

• 4.220 quilômetros de deslocamentos

• Pelo segundo ano seguido, o Rally Dakar terá como palco a América do Sul. Argentina e Chile são os responsáveis por sediar o maior rali do mundo.

• Neste ano a disputa conta com menos participantes. Ao todo, 371 veículos iniciaram a prova, sendo 184 motos e quadriciclos, 138 carros e 50 caminhões. Em 2009, a prova contou com 500 veículos (217 motos, 177 carros, 81 caminhões e 25 quadriciclos).

• Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil bateu o recorde de inscritos. São 25 competidores do país, nove a mais do que em 2009.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários