Notas e Comentários
Respeito
Publicado: 00:00:00 - 15/01/2022 Atualizado: 01:24:13 - 15/01/2022
colunanotas@tribunadonorte.com.br

O ex-deputado Henrique Eduardo Alves (MDB) reagiu ontem à declaração da deputada Isolda Dantas (PT) com relação a uma possível aliança entre os dois partidos. “Respeito é bom, o MDB gosta, e merece”, disse Henrique Eduardo. Segue a nota do ex-deputado na íntegra:  
“Devo, com a respeitosa liberdade, responder à infeliz declaração da deputada Isolda Dantas sobre um acordo do PT com o MDB por cargos na disputa eleitoral pela reeleição da governadora Fátima. O convencimento seria o apoio a Lula. A deputada Isolda declara: 'engolir agora para cuspir depois'. Não participei de nenhuma conversa nessa direção. Tenho muito respeito pelo ex-presidente Lula e pela governadora. Eles sabem, me conhecem. Mas tratar assim o MDB? Respeito é bom, o MDB gosta, e merece!  Até porque, também a honrada senadora Simone Tebet é pré-candidata à Presidência pelo MDB, com a liderança do amigo presidente Baleia Rossi. 51 anos de MDB. Minha vida e história  me dão o dever e o direito de expor esse sentimento! MDB de verdade. Ontem, hoje e sempre.”

Conversas 
O fim de semana deve ter muitas conversas entre pré-candidatos e interlocutores dos partidos. 

Dificuldades
O blog do Heitor Gregório — hospedado na TN Online — informou que “o silêncio autorizativo da governadora Fátima Bezerra (PT) para que o senador Jean Paul Prates (PT) construa entendimento com o MDB com a intenção de formar a chapa dela de 2022 começa a lhe trazer prejuízos”. Os partidos aliados de primeira hora da governadora não estariam satisfeitos com a tomada de decisões e oferta de espaços estratégicos sem diálogo. “Em pelo menos três deles o sentimento é esse: PCdoB, PSB e PROS”, destacou o jornalista.

Wi-Fi 
O ministro das Comunicações, Fábio Faria, inaugura, na próxima segunda-feira (17), em Natal (RN), uma parceria inédita no âmbito do programa Wi-Fi Brasil, para levar conectividade às 23 estações de trens urbanos da região metropolitana, operadas pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Os pontos de acesso levarão internet gratuita de banda larga aos usuários das estações da capital, além dos municípios de Parnamirim, Extremoz e Ceará-Mirim, que integram a Grande Natal.  "Para quem usa diariamente o sistema de trens urbanos para se deslocar de casa para o trabalho, o Wi-Fi Brasil garante um serviço hoje essencial", explica Faria. A CBTU em Natal opera 56,2 quilômetros de linha, atendendo quatro municípios e transportando quase 9 mil passageiros por dia.

Afastamento
A ministra Flávia Arruda, da Secretaria-Geral de Governo, pediu licença do cargo e ficará afastada da pasta até o dia 21 de janeiro para tratar de "assuntos particulares". A licença da titular consta em publicação do Diário Oficial da União ontem. Única representante do PL - novo partido do presidente Jair Bolsonaro, a ministra vem sofrendo desgaste em sua relação com a base governista há alguns meses. Ela é pressionada sobretudo por integrantes do Centrão, que pedem sua demissão por ela supostamente não honrar acordos de repasses de emendas.

Candidatura 
O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, vai disputar o governo de São Paulo neste ano. Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, o chefe do Executivo disse que, se o ministro for eleito, fará um trabalho "semelhante" ao seu. "Eu vou responder essa aí porque o Tarcísio não pode responder, não. Eu conversei com o Tarcísio e ele topou ser pré-candidato ao governo do Estado de São Paulo", disse Bolsonaro, em resposta a uma pergunta feita ao ministro durante a "live".

Encontro
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com a ex-presidente Dilma Rousseff, ontem, em São Paulo. Este é o primeiro encontro dos petistas neste ano. O local não foi informado pela assessoria de imprensa do ex-presidente. Segundo a Agência Estado, o encontro se deu para discutir o cenário eleitoral de 2022. Dilma reside em Porto Alegre, onde também vive sua família. No mês passado, não esteve no jantar do Grupo Prerrogativas promovido para premiar Lula e realizar o primeiro encontro público entre o petista e o ex-governador Geraldo Alckmin, que articula uma aliança para ser vice na chapa do ex-presidente. Alckmin foi a favor do impeachment de Dilma.

Sem vetos 
Após aumentar o poder sobre o Orçamento de 2022, a Casa Civil afirmou que há um esforço do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, para sancionar a peça orçamentária deste ano com um "mínimo de vetos". Bolsonaro tem até o dia 21 de sancionar para sancionar o Orçamento. Em um podcast oficial da pasta, o secretário-executivo da Casa Civil, Jônathas Castro, afirmou que o governo identificou a necessidade de recompor aproximadamente R$ 3 bilhões em despesas de pessoal, que são programações obrigatórias.

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte