Retomada da economia em Natal será nesta terça-feira, anuncia prefeito

Publicação: 2020-06-30 00:00:00
A+ A-
O prefeito Álvaro Dias anunciou o início da reabertura gradual das atividades econômicas em Natal para esta terça-feira, 30 de junho. A medida foi anunciada após parecer favorável do Comitê Científico da Prefeitura do Natal. O decreto que determina quem deve reabrir neste primeiro momento será publicado nesta terça, 30, no Diário Oficial do Município.

Créditos: Adriano AbreuÁlvaro Dias convocou a imprensa para detalhar ações do Município para reabertura econômicaÁlvaro Dias convocou a imprensa para detalhar ações do Município para reabertura econômica
A retomada será feita tendo como base o documento preparado pelas entidades que compõem o setor produtivo do Rio Grande do Norte. Para esta terça, 30, os comércios e lojas que estão autorizados a reabrirem são os contemplados na primeira fração da primeira fase do Plano de Retomada Gradual Econômica.

“Nos preparamos para essa reabertura. Entendemos que estamos preparados para reabrir o comércio e retomar as atividades comerciais de forma lenta e gradual”, disse o prefeito Álvaro Dias, em coletiva de imprensa no Palácio Felipe Camarão, ao justificar a medida. 

Nessa primeira fração, segundo a Prefeitura do Natal, devem reabrir serviços de RH e terceirização, salão de beleza e barbearias, agências de turismo e atividades dos serviços sociais autônomos. Outros estabelecimentos que devem reabrir são lojas de até 300 m²; de artigos usados; papelarias e materiais de escritório; produtos de climatização; lojas de bicicletas e acessórios; comércio de plantas e flores; lojas de vestuário, acessórios e calçados.

Os comércios incluídos nesta primeira etapa de reabertura vão precisar seguir uma série de normas e especificidades, como precauções com aglomerações dentro das lojas, álcool em gel para clientes e funcionários, distanciamento mínimo entre as pessoas e outras medidas de prevenção, como cuidados em elevadores, adoção de turnos de trabalho alternados, limpeza de máquinas de cartão de crédito, entre outras.

A reabertura será avaliada temporariamente, segundo o prefeito de Natal, para que outros setores possam ser contemplados na sequência do processo de retomada. Segundo o prefeito, a Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) e a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) farão a fiscalização do comércio.

“Quem não estiver cumprindo uma série de regras sanitárias e outras exigências estabelecidas pelo decreto, como número mínimo de pessoas por metro quadrado, uso de máscaras para quem estiver dentro dos estabelecimentos, se não forem cumpridas, poderemos cancelar essas atividades dos estabelecimentos que estiverem descumprindo”, declarou Álvaro Dias.

De acordo com o secretário de saúde de Natal, George Antunes, a rede de saúde está preparada para a decisão de reabertura das atividades. 

“A rede está preparada, levou um tempo para se preparar, mas o momento é propício. Por motivo de várias ações desencadeadas pela SMS, os números de pacientes graves têm caído. A ação do prefeito é mais de gestor do que ação política, porque ele tem a responsabilidade de tratar dos pacientes de covid, mas também tem uma obrigação com a sociedade, de resgatar o poder econômico, porque as famílias estão passando necessidade”, disse o titular da Secretaria Municipal de Saúde de Natal. 

Centro de Prevenção será aberto 
A Prefeitura anunciou a criação de um “Centro de Prevenção e Tratamento de Covid-19",  no Ginásio Nélio Dias, na zona Norte. A zona possui a maior incidência de casos de covid. O Centro deverá ser destinado a pacientes no estágio inicial da covid-19 para fazer o tratamento com a Ivermectina. “Queremos fazer um trabalho de distribuição desse medicamento em massa, mas vamos fazer um trabalho técnico, com acompanhamento de farmacêutico, enfermeiro, médico, agentes de saúde. Não essa entrega na rua como as pessoas imaginam. Precisamos monitorar esse paciente”, explicou o secretário George Antunes. A SMS Natal comprou um milhão de comprimidos de ivermectina para essa ação profilática, que deverá ser iniciada a partir da sexta-feira, 3 de julho.

Para isso, haverá um mapeamento feito pelos agentes de saúde nos bairros de Natal, que vão encaminhar os pacientes de grupo de risco, com sintomas de coronavírus ou não. 

A Ivermectina está sendo adotada pela Prefeitura do Natal oficialmente desde o dia 2 de junho, quando o novo protocolo da SMS Natal foi publicado. Medicamentos como hidroxicloroquina, cloroquina e azitromicina também estão no protocolo. A Sesap-RN, por sua vez, não recomendou o uso de nenhum desses medicamentos em seu protocolo.










Deixe seu comentário!

Comentários