Ribeira ganha sua grande galeria de arte

Publicação: 2017-12-19 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ramon Ribeiro
Repórter

Quem passa pela rua Dr Barata, no bairro da Ribeira, já pode apreciar um novo empreendimento cultural em pleno funcionamento numa área com bastante potencial de revitalização. A Galeria de Arte B-612, investida cultural do empresário Anchieta Miranda, está de portas abertas ao público desde sábado (16), depois de um ano de reformas no prédio histórico do bairro. Quem visitar a nova galeria, de dois andares e 990 metros quadrados de área construída, poderá conferir dezenas de telas de artistas potiguares e de outros estados, de várias fases e épocas, alguns à venda, outros, da coleção particular do galerista e empresário.

O prédio onde a B-612 está instalada foi no passadoa  Caixa Rural, em 1934, e depois a livraria Clima. São 990 metros quadrados de área construída, numa das ruas históricas da Ribeira
O prédio onde a B-612 está instalada foi no passado a Caixa Rural, em 1934, e depois a livraria Clima. São 990 metros quadrados de área construída, numa das ruas históricas da Ribeira

Além das pinturas, há uma série de diversas esculturas feitas nos mais diversos materiais, como madeira, pedra e metal. Há obras instaladas no espaço, apenas para apreciação, e trabalhos disponíveis para compra, como rendeiras esculpidas pelo potiguar Jordão em pedra calcária.

Na área externa, onde em breve funcionará uma cafeteria, uma estátua de Iemanjá de aproximadamente dois metros funciona como uma fonte. A obra é do artista Emanuel, da Redinha.

Dentre os potiguares com peças nas paredes dos dois pavimentos da galeria estão raridades de grande porte de Marcelus Bob, Iaperi Araújo, Jayr Peny, Carlos Soares, Fernando Gurgel, Vicente Vitoriano, Vatenor, Assis Marinho, Flávio Freitas, dentre outros. Da coleção particular de Anchieta, há obras antigas de Newton Navarro,  Dorian Gray Caldas e Zaíra Caldas. Não se tem o número de obras expostas, mas para percorrer o local com calma, é necessário dispor de tempo para ver tudo.

Galeria B-612 tem dois andares de muita arte: De telas de grande porte a objetos de resgate
Galeria B-612 tem dois andares de muita arte: De telas de grande porte a objetos de resgate

As peças da galeria passam por diversos temas, desde os sertanejos, com destaque para um par de esculturas em madeira de Lampião e Maria Bonita, passando por conteúdos religiosos, como uma grande pintura de Jesus de Assis Marinho,  e diversos santos. Uma das ideias para movimentar o espaço é montar exposições específicas, que ainda serão pensadas.

Além das inúmeras obras, a Galeria B-612 também dispõe de sala de leitura, com acervo de livros focado nas artes. O lugar foi batizado com o nome Jácio Torres, proprietário do Sebo Catalivros, um dos primeiros de Natal.

A galeria também tem em exposição diversas peças de antiquário, numa espécie de memorial. Dentre alguns itens há telefones de épocas antigas, bem como uma marmiteira japonesa feita em madeira. Na parte final da galeria funcionará um ateliê onde serão promovidas oficinas.

Antiguidades dividem ambiente com pinturas Marcelus Bob, Fernando Gurgel e outros nomes
Antiguidades dividem ambiente com pinturas Marcelus Bob, Fernando Gurgel e outros nomes

O prédio onde a galeria está instalada foi originalmente o jornal A Ordem, depois sediou a Caixa Rural, cooperativa fundada em 1934. Nas décadas de 70 e 80 abrigou a Livraria Clima. Anchieta Miranda, que foi proprietário da antiga galeria Anjo Azul, no Tirol, adquiriu o prédio da rua Dr. Barata há 15 anos, num leilão. A ideia de transformar numa galeria de arte só surgiu recentemente e foi posta em prática a partir de dezembro de 2016, ganhando reparou e adaptações de acessibilidade, como elevadores e uma escada central.

A Galeria B-612 ganhou esse nome em referência ao asteroide de mesma numeração onde vivia o Pequeno Príncipe, personagem icônico criado pelo escritor Antonie de Saint-Exupéry. A galeria está localizada na rua Dr. Barata, nº 216, na Ribeira e funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h, com parada para o almoço, depois reabre das 13h30 às 17h30. No sábado o expediente é só pela manhã.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários