Cookie Consent
Natal
Rio Grande do Norte receberá mais 51,8 mil doses da CoronaVac esta semana
Publicado: 00:00:00 - 04/02/2021 Atualizado: 08:25:25 - 04/02/2021
O Ministério da Saúde confirmou o envio, até o final desta semana, de mais 51,8 mil doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, ao Rio Grande do Norte. A informação foi dada ao prefeito de Natal, Álvaro Dias, pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião realizada nesta quarta-feira (3), em Brasília. Conforme estimativa da Prefeitura do Natal, o Município deverá receber 13 mil doses, levando em conta o percentual de 25,19% da população do Estado que reside na capital.

Adriano Abreu
Até hoje, o Rio Grande do Norte recebeu cerca de 128 mil doses das vacinas CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca para grupos prioritários

Até hoje, o Rio Grande do Norte recebeu cerca de 128 mil doses das vacinas CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca para grupos prioritários


“Tratamos de vários assuntos, entre eles a questão das vacinas, que é uma grande preocupação para o povo de Natal e de todo o Rio Grande do Norte. A boa notícia é que até a próxima sexta-feira nós vamos ter disponíveis a nossa parcela de imunizantes para continuar vacinando o público prioritário do plano de imunização”, informou Álvaro Dias. Ele esteve no Ministério da Saúde acompanhado da secretária municipal de Planejamento, Joanna Guerra, do secretário especial da Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Natal (Arsban), Rossini Fernandes, e do secretário-executivo de Governo, Esdras Alves.

As doses serão distribuídas nos postos de saúde da capital e destinadas a complementar a vacinação do restante dos profissionais de saúde ainda não imunizados e os idosos, de acordo com os protocolos. Em 10 dias, Natal vacinou 23.962 pessoas com as primeiras doses contra a Covid-19. Até a noite da última segunda-feira (1º), o “Vacinômetro” da Secretaria Municipal de Saúde (SMS Natal) marcava a aplicação de 23.362 doses. O restante foi aplicado na terça-feira (2) apenas nas Unidades Básicas de Saúde, com as atividades nos drive-thrus suspensas. Nesta quarta-feira (3), o atendimento foi interrompido temporariamente até a chegada do novo lote.

Com as doses que já estão reservadas aos profissionais de saúde e idosos institucionalizados, o Rio Grande do Norte começa a aplicar a segunda dose da CoronaVac nesse público a partir do dia 10, que é o prazo determinado pela fabricante para aplicação da segunda dose do imunizante.

Novo lote
O Ministério da Saúde deve receber nos próximos dias mais uma remessa de vacinas da farmacêutica AstraZeneca/Oxford por meio do consórcio Covax Facility. A aliança global alocou para o Brasil 10.672.800 doses que serão distribuídas entre fevereiro e junho para ampliar ainda mais o acesso das vacinas aos brasileiros. No acordo celebrado, a entrega será dividida em duas etapas, sendo a primeira com mínimo de 25% de doses.

“As tratativas com a AstraZeneca tiveram início nesta terça-feira (2) e, sem dúvidas, a nossa parceria com o laboratório facilita as conversas para que o acesso às vacinas seja o mais rápido possível, diminuindo o contágio e deixando mais pessoas protegidas”, afirmou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.
O Brasil é um dos 191 países que integram o consórcio, que envolve a disponibilização de vacinas de 10 laboratórios diferentes. A aliança global, promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi criada para fomentar o desenvolvimento e a produção de imunizantes contra a Covid-19, permitindo o acesso justo e igualitário das vacinas.

Diante do imperativo de minimizar riscos e maximizar ganhos de adesão ao consórcio, o Brasil optou por contratar doses de vacinas para o equivalente a 10% da população brasileira, com distribuição de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, o que totaliza 42,5 milhões de doses.

Sesap alinha continuidade da vacinação
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) alinhou na tarde desta quarta-feira com os municípios potiguares a continuidade do processo de vacinação contra a Covid-19. Em reunião com a participação do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do RN (Cosems-RN) e da SMS Natal, a Sesap acertou a distribuição das vacinas para a segunda dose do primeiro lote da CoronaVac a partir do dia 8/2.

As doses deverão ser aplicadas pelos municípios entre os dias 10 e 17/2, seguindo o cronograma técnico necessário para garantir a imunidade pela CoronaVac. A norma técnica da vacina aponta que o espaço entre a primeira e a segunda dose deve ser de 21 a 28 dias. A segunda etapa servirá às pessoas que tomaram a primeira dose no lote inicial utilizado na abertura do plano de operacionalização para vacinação contra a Covid-19 do estado.

A Sesap emitirá ainda esta semana uma nota técnica informando sobre o processo de entrega das novas vacinas. O sistema de distribuição seguirá o mesmo planejamento das etapas anteriores, com a participação do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar, quando as vacinas serão distribuídas para as Unidades Regionais de Saúde Pública e de lá retirada pelos municípios.










Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte