RN decreta luto por 3 dias devido à morte de Eduardo

Publicação: 2014-08-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Sara Vasconcelos e Roberto Lucena
repórteres

A governadora Rosalba Ciarlini decretou luto oficial de três dias pela morte do candidato à Presidência da República e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, vítima de acidente aéreo na manhã de ontem, dia 13, em Santos (SP). O Executivo estadual, a Assembleia Legislativa, a Prefeitura do Natal  e a Câmara Municipal do Natal emitiram nota de pesar lamentando a morte precoce do candidato, lembrado como “jovem e promissora liderança da atual política”.
Rayane MainaraGovernadora Rosalba lembra frase de Eduardo Campos, 3ª feira, no JN: “Não desistam do Brasil”Governadora Rosalba lembra frase de Eduardo Campos, 3ª feira, no JN: “Não desistam do Brasil”

A governadora Rosalba Ciarlini assegurou que irá participar das velório e sepultamento em Recife. Ela esteve ontem, pouco antes da tragédia, com a mãe do ex-governador de Pernambuco, Ana Arraes, em solenidade no TCU, em Brasília.

“Neste momento de dor, unimos nossos pensamentos e orações pedindo a Deus que fortaleça e console parentes, amigos e admiradores. O exemplo de luta de Eduardo Campos não será esquecido. Ontem (terça-feira), ao encerrar uma entrevista (no Jornal Nacional), ele disse: “Não desistam  do Brasil!”. Com essa frase, ele sintetizou o amor ao Brasil e a crença no povo brasileiro”, disse.

Já o prefeito Carlos Eduardo Alves, que cumpre hoje agenda em Brasília, afirmou: “Uma perda lamentável para o Nordeste e para o Brasil. Um político jovem com um futuro promissor pela frente e que demonstrou sua coragem para disputar a Presidência da República. O debate eleitoral deste ano perde com a ausência de Eduardo Campos”.

Os deputados da bancada do PSB na Assembleia Legislativa, Márcia Maia, Larissa Rosado, Tomba e também o presidente da Casa, Ricardo Motta (PROS) ainda confirmaram que irão participar do cortejo. “Estou particularmente chocado. Mantinha fraterna relação com Eduardo Campos, um dos ícones da nova geração política, que morre de maneira trágica, no esplendor de sua trajetória política de idealista e realizador. Era o  governador mais bem avaliado do Brasil, homem de sonhos, tenacidade e convicções sociais, marcas que o credenciaram  a disputar a sucessão presidencial com a garra herdada do avô, o lendário Miguel Arraes”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta (PROS).

Os vereadores da Câmara Municipal, que detém ampla bancada do PSB, legenda do candidato à presidência da República, também externou consternação. O presidente da CMN, vereador Albert Dickson disse estar abalado com a perda e afirmou que o líder da bancada do PSB, vereador Júlio Protásio, irá representar o Legislativo Municipal de Natal, no velório. “Ainda estou muito triste  e perplexo, era um político de carreira promissora que estava no auge da carreira. O Brasil está chocado, sobretudo nós nordestinos pela proximidade que ele tinha com os vereadores e partidos”, afirmou Dickson.

DEPOIMENTOS
“Recebemos com tristeza a notícia da trágica morte de Eduardo Campos, que disputava a Presidência da República pelo PSB. Este ocorrido não tem precedentes na história democrática brasileira e reveste o processo político-eleitoral de luto. Nos somamos às manifestações de solidariedade à família enlutada, amigos, apoiadores, correligionários e conterrâneos de Campos. A todos que se sentem chocados com este momento, nossas condolências.”
Robério Paulino - candidato ao Governo pelo PSOL

“Lamento profundamente o falecimento do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, e me solidarizo com o povo pernambucano e familiares, nesse momento triste e de grande perplexidade para todos os brasileiros. Convivi com Eduardo como colega na Câmara dos Deputados e quando ele foi ministro de Ciência e Tecnologia do Governo Lula. Sempre teve minha admiração. Foi um fiel parceiro de momentos especiais para a história política do país. Certamente, é uma perda irreparável, mas fica a certeza de que a sua história como homem público não será esquecida.”
Fátima Bezerra - deputada, candidata ao Senado pelo PT

“Com a morte de Eduardo, se vai a esperança, a certeza de renovação. Ele deixa um legado de preparação, de um homem honrado e que planejava suas ações. Foi um grande deputado federal, um grande ministro de Ciência e Tecnologia, um grande governador. Ele estava focando no Nordeste, em trazer a informação para cá. Convivemos durante 22 anos na política. Agora está tudo em suspenso, em luto.”
Wilma de Faria - vice-prefeita, candidata ao Senado pelo PSB e presidente do Diretório estadual do Partido no RN

“Recebi com profundo pesar a notícia da morte prematura de Eduardo Campos, um expoente da política nacional, gestor exemplar e um grande ser humano. O sentimento é de solidariedade pela dor de familiares e amigos que perderam seu ente querido. Que Deus ofereça serenidade e conforte os familiares neste momento tão difícil.”
Márcia Maia - deputada estadual e presidente do PSB de Natal-RN

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários