RN perde R$ 490 milhões em arrecadação durante pandemia

Publicação: 2020-07-03 16:12:00
A+ A-
 O Governo do Rio Grande do Norte anunciou que o Estado perdeu R$ 490.777.389,11 milhões em receita decorrente dos efeitos econômicos provocados pela pandemia do novo coronavírus. Segundo o secretário estadual de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire, as quedas na arrecadação do ICMS e do Fundo de Participação dos Estados foram os principais fatores. Ele estima a perda de R$ 1 bilhão em receita até o fim do ano.

Créditos: DivulgaçãoAldemir Freire estima que o Estado perca R$ 1 bilhão em arrecadação até o fim do anoAldemir Freire estima que o Estado perca R$ 1 bilhão em arrecadação até o fim do ano

“Sofremos, sobretudo, com a perda de arrecadação de ICMS, em razão do setor comercial fechado, e com a queda do Fundo de Participação dos Estados, justo em um período de crise enfrentada pelos entes da Federação. Apenas com essas duas arrecadações tivemos déficit de aproximadamente R$ 392 milhões entre março e junho. Mas minha estimativa é de que o Estado perca R$ 1 bilhão em receita até o fim do ano ”, disse o titular da Seplan, Aldemir Freire.

De acordo com o governo, a queda de receita foi puxada ainda pelas perdas de R$ 48 milhões do Fundeb, R$ 24,3 milhões de royalties, R$ 22 milhões do Simples, e R$ 7,2 milhões do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop). Na contramão das perdas, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) apresentou alta de 1,7% com ganho de R$ 2,8 milhões ao cofre estadual.
 
O déficit do mês de junho foi menor do que em maio. A evolução mostra que no início da pandemia, no mês de março, as perdas foram de R$ 19.845.847,69; em abril, de R$ 112.104.792,66; em maio, de R$ 193.384.372,79; e em junho, de R$ 165.442.375,97 em queda de receita.