Economia
RN recebe R$ 171 milhões do Auxílio Brasil em janeiro
Publicado: 00:00:00 - 13/01/2022 Atualizado: 22:39:34 - 12/01/2022
O Governo Federal inicia em 18 de janeiro o pagamento do Auxílio Brasil em 2022, contemplando 428.780 famílias no Rio Grande do Norte. Ao todo, o volume de concessões deve chegar aos R$ 171 milhões, segundo dados do Ministério da Cidadania.

Adriano Abreu
Beneficiários do programa federal no Rio Grande do Norte fazem parte do Cadastro Único

Beneficiários do programa federal no Rio Grande do Norte fazem parte do Cadastro Único


Entre dezembro e janeiro, um total de 63.188 famílias entraram na lista de elegíveis ao programa, o que representa um aumento de 17,34% nos beneficiários. Há 30 dias, de acordo com o Ministério da Cidadania, 365.422 receberam a primeira parcela do novo programa federal. 

Natal, a capital do estado, é a cidade que concentra a maior parte dos beneficiários, com um total de 62.605 famílias. Mossoró, na região Oeste, está em segundo lugar na lista, somando 26.027 famílias. Por outro lado, a cidade de Ipueira, com apenas 224 concessões, tem o menor número de benefícios elegíveis entre as cidades potiguares. 

Fazem parte do programa as famílias inscritas no Cadastro Único e em situação de maior vulnerabilidade social terão prioridade entre os novos beneficiários. A parcela (R$ 400) ficará disponível para saque ou crédito em conta bancária. Com isso, a família deve observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS). Para cada final do NIS, há uma data correspondente por mês para receber o benefício.

O  Nordeste é a região com mais beneficiários atendidos, 8,31 milhões, ou 47% do total.A região é a que teve o maior crescimento na quantidade de pessoas atendidas. O acréscimo é de 16,6% no número de beneficiários em relação a dezembro de 2021. No recorte de 3,06 milhões de novas concessões, o Nordeste corresponde por 38,56% desse total.

Na região, a Bahia foi o estado com o maior número de novas concessões em janeiro. São 316,16 mil famílias que passaram a integrar o Auxílio Brasil, totalizando 2,16 milhões de pessoas beneficiadas. Em seguida estão Pernambuco, com 216,52 mil novos contemplados, chegando a 1,39 milhão de beneficiários, e Ceará, com mais 186,39 mil pessoas, num total de 1,27 milhão de famílias.

O ministro da Cidadania, João Roma, reforça que os repasses do Auxílio Brasil fornecem um acesso integrado de políticas públicas. "Além da transferência de renda em valores inéditos e com o repasse mínimo de R$ 400 por família, dando amparo aos mais vulneráveis, o programa oferece trilhas de emancipação e acesso a um conjunto integrado de políticas públicas, prezando pela proteção e desenvolvimento social das famílias beneficiadas", disse.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte