RN se promove em Madri

Publicação: 2020-01-24 00:00:00
A+ A-
Antonio Roberto Rocha
antonioroberto@tribunadonorte.com.br

A Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) participa da Feria Internacional de Turismo en Madrid (Fitur)  até domingo. A Secretaria de Turismo de Pipa e o Preserve Pipa também marcam presença no evento, que é uma das principais feira de networking do turismo internacional.
“O Rio Grande do Norte quer se apresentar como opção de destino internacional para o viajante da Espanha, exibindo não apenas a sua vocação natural de sol e mar, mas mostrando que temos produtos específicos para agradar o mercado espanhol e que está mais fácil chegar ao nosso estado”, revela o presidente da Emprotur, Bruno Reis.

O foco do turismo potiguar na feira é explorar a conectividade ampliada com os estados de Pernambuco, Ceará e Bahia para mostrar que é possível chegar mais rápido e com mais conforto ao estado.

“Estamos recebendo aproximadamente 26 voos semanais da capital pernambucana, cerca de 33 da capital cearense e 24 de Salvador, cidades que possuem voos diretos de Madri. Em meados de dez horas o turista espanhol pode chegar ao nosso Estado, sem precisar se deslocar para São Paulo ou para o Rio de Janeiro e ter uma viagem longa e cansativa”, comenta Reis.

Além disso, lembra ele, o espanhol pode contar também com a ampliação do voo da Tap ligando Lisboa e Natal, que passa a ter seis voos semanais a partir de fevereiro. Entre os contatos mantidos pelo dirigente do turismo potiguar, ele destaca as operadoras Tui Spain, Forwardkeys, Logitravel, Solferias, E-HTL, IGLTA e Amarelo Viajes.

Atualmente, a Espanha se destaca como um dos dez maiores mercados emissivos para o Brasil e um dos cinco mais importantes em gastos per capita no país. Em média, cerca de 140 mil visitantes espanhóis chegam no Brasil todos os anos. Para o Nordeste foram transportados 58,5 mil passageiros em 2018 e 68,4 mil em 2019, um acréscimo de 17% em relação ao ano anterior. 

Mais brasileiros em Portugal
Pesquisa exclusiva feita pela agência virtual de turismo ViajaNet aponta que as viagens de brasileiros para Portugal cresceram 6% na comparação entre 2019 e 2018. O volume de procura de viagens para a capital portuguesa continua alto e, segundo o ViajaNet, tende a crescer ainda mais neste ano.

De acordo com levantamento, a cidade de Lisboa foi o segundo destino mais procurado pelos brasileiros que decidiram passar o Réveillon em solo estrangeiro, ficando atrás apenas de Paris,, um dos locais que mais recebe turistas do mundo inteiro. 

 O preço médio da passagem áerea para a capital portuguesa, verificado pelo ViajaNet, foi cer cerca de R$ 4 mil ao longo dos últimos 12 meses. Segundo dados de mercado, o brasileiro representa o segundo maior mercado hoteleiro de Lisboa. O País atingiu 136,8 mil pernoites, que se traduz em uma alta de quase 11% em relação ao ano de 2018.

Paraná adota estilo da Femptur
Ao chegar a sua 26ª edição, a ExpoTurismo Paraná 2020 (anteriormente conhecida como Salão Paranaense de Turismo) surge totalmente reformulada, com a proposta de fomentar ainda mais o business e o networking entre as marcas participantes e os profissionais do setor e, simultaneamente, atingir o público final oferecendo vantagens, ofertas e a viagem dos sonhos. É uma proposta parecida com a da Feira dos Municípios e Turísticos do RN (Femptur), realizada anualmente em Natal.

Maior evento do segmento no Estado e promovida pela da Associação Brasileira de Agências de Viagens- Paraná (Abav-PR), a feira de turismo será realizada durantes os dias 8 e 9 de maio (sexta-feira e sábado) no ExpoUnimed Curitiba. Será aberta ao público, com entrada gratuita e transfer partindo do centro da capital para o espaço do evento.

Com expectativa de receber 3,5 mil pessoas nos dois dias, a ExpoTurismo Paraná 2020 é destinada a dois públicos principais: o trade (cerca de 120 expositores de todos os segmentos que estão envolvidos com turismo, redes hoteleiras, empresas aéreas, traslados, locadoras de carro, agências de viagens, operadoras, institutos e governo) e o público final, que terá um momento oportuno para encontrar uma ótima oferta de viagem com descontos especiais.

Com caráter múltiplo, a programação do evento inclui palestras temáticas, rodadas de business, vila gastronômica, painéis, cursos de capacitação e eventos paralelos, como a 16º Mostra das Regiões Turísticas do Paraná e o Fórum Nacional de Turismo Rodoviário. Além disso, a Feira promoverá a Grande Mata Atlântica como destino, oferecendo ao público uma experiência única em um ambiente cenográfico de 800 m², que permitirá ao visitante conhecer e vivenciar as peculiaridades da região.

Feira e Fórum de Turismo do RN
A 6ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN e o 11º Fórum de Turismo do RN serão realizados nos dias 3 e 4 de abril, no Centro de Convenções de Natal, com perspectiva de seis mil pessoas nos dois dias. No ano passado, os dois eventos registraram público superior a cinco mil pessoas.

Com foco na interiorização do Turismo, a partir da inserção gradual da produção associada no contexto sócio-econômico do turismo potiguar, e com foco sobretudo no artesanato e na agricultura familiar, a Femptur é a maior vitrine do segmento turístico-cultural no Rio Grande do Norte. Quase 30 municípios reservaram espaço na feira. A expectativa dos organizadores é bater o recorde de 50 cidades representadas na Femptur no ano passado.

Com palco para apresentações culturais, exposição e comercialização de artesanato, feira de produtos regionais, mostras de fotografia e de artes plásticas, espaço gastronômico e um inédito salão do autor potiguar, onde haverá lançamentos de livros sobre temas alusivos ao Rio Grande do Norte, a Femptur tem entrada gratuita e estará aberta das 12h às 22h dos dia 3 e 4 de abril (sexta e sábado).

Paralelamente à Femptur, o Fórum de Turismo do RN promete uma décima-primeira edição com debates bem pertinentes ao atual momento da atividade turística no Estado. Serão abordados, por exemplo, entre 12 temas quase todos definidos, o Geoparque Seridó rumo ao Patrimônio Mundial, as ferramentas do Marketing Digital, a importância da gastronomia potiguar para o desenvolvimento do Turismo do RN e os novos modelos de gestão (consultora paulista Trícia Neves, que fará a palestra de abertura).





Deixe seu comentário!

Comentários