RN tem 22 homicídios no fim de semana; 2017 acumula 910 mortes

Publicação: 2017-05-15 09:32:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Rio Grande do Norte registrou mais um fim de semana violento. No cômputo geral, até o fim da noite de ontem (14), 910 pessoas fora assassinadas no Estado. Desse total, 22 foram mortas entra a sexta-feira e este domingo. As informações são do Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO).

Segundo o OBVIO, os dados apontam para um aumento de 29,63% em relação a 2016. Os dados absolutos demonstram 207 mortes violentas a mais que no ano passado no mesmo período. Em 2016, até o mesmo período, foram 702 CVLIs, contra 603 em 2015.
Números no RN ultrapassa a marca das 900 mortes
Nos locais onde ocorreram os CVLIS neste último final de semana, foram registrados: 11 em vias públicas (50%); 5 dentro de residências (22,73%); 2 em frente à residências (9,09%). As demais, contaram com  1 ocorrências cada: bares e festas (4,55%); bares e festas (4,55%) beira-rios e mangues (4,55%);  povoados e sítios (4,55%); e terrenos baldios (4,55%).

A região Leste Potiguar teve registrado 41% dos homicídios do final de semana (9 do total), seguida pela região Agreste com seis ocorrências (27% do total). As regiões Oeste e Central contabilizaram respectivamente quatro e três CVLIs cada um (18% e 14% do total cada uma).

De forma quase uniforme, oito municípios tiveram a mesma quantidade de CVLIs, dois cada um, distribuindo entre várias áreas as mortes violentas: foram eles Caicó, Ceará-Mirim, Macaíba, Mossoró, São José do Campestre, São Paulo do Potengi e Natal.

Já os municípios de Monte Alegre, Nísia Floresta, Parazinho, Parnamirim, Pedro Velho, São Francisco do Oeste, Ipanguaçu e Taipu registraram 1 CVLI (4,55% cada um).

Os dias mais violentos foram, respectivamente, Domingo com 10 ocorrências (45,45% do total) e o sábado com nove CVLIs (20,91% do total), seguidos da sexta-feira com três CVLIs (13,64% no período).

Quanto aos instrumentos letais utilizados para a execução dos homicídios, o uso de arma de fogo mantêm a predominância com 73% dos casos (16 do total), Também houveram quatro mortes violentas através do uso de arma branca (18%) e outro dois, onde: um com uso de objeto contundente (4%) e outro por espancamento (4%).

Quanto aos horários em que ocorreram os CVLIs neste FDS, o período da tarde foi o de maior ocorrências, com 10 mortes (45,45% do total), seguido da madrugada com oito assassinatos (36,36%). A noite e a manhã tiveram, respectivamente, três e um CVLIs em cada horário (13,64%  e 4,55% cada).

Feminicídios e Feminicídios
Ainda de acordo com o OBVIO, até ontem (14) foram registrado 48 femicídios no ano de 2017 no RN, contra 35 no mesmo período do ano passado. Quanto ao número de "feminicídios", foram registrados 10 em 2017, contra 12 em 2015 e 5 em 2014, também no comparativo do mesmo período.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários