Roda Viva: Mais antigo balneário se renova e ganha cara nova

Publicação: 2019-10-20 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Cassiano Arruda Câmara

Mais antigo balneário se renova e ganha cara nova
O prefeito Álvaro Dias acredita que, até deixar a Prefeitura,  vai deixar pronta a urbanização da Praia da Redinha que vai mudar a cara de nosso mais antigo balneário, mantendo a Igrejinha e o Clube, em harmonia com o novo Mercado e o Terminal Turístico.
Com R$ 20 milhões das emendas da bancada, ele pretende desenvolver o projeto elaborado pelo setor de Planejamento da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), dotando o espaço de área para novos restaurantes, deck, píer para pequenas embarcações, banheiros, e toda uma estrutura de paisagismo.
As obras começam com o novo traçado das ligações viárias complementando o viaduto de acesso à Ponte e integrando ao bairro com a oferta de novas alternativas para a população.
 "O mercado se transformará por completo. Abarcando novos equipamentos e dando condições de virar um polo agregador de nosso turismo", disse o Secretário Tomaz Neto.

50 anos depois de estatizada, Caern confirma privatização
Estadualizada há 50 anos, pelo governador Walfredo Gurgel, a Companhia de Águas do Estado, sucedeu ao Escritório Saturnino Braga, ampliou sua presença, que limitava-se à capital do Estado, a todas as regiões do Estado, e acumulou prejuízos a R$ 301 milhões. A avaliação da CAERN, vendido 100% do seu capital, pelas contas do Ministério de Economia, alcançaria mais de R$ 1.6 bilhão. Vendendo, apenas, 49% do capital, (como impõe a atual legislação) o retorno financeiro seria três vezes menos, com o Estado apurando R$ 350 milhões.
Não se acredita que apareça um investidor disposto a colocar seu capital na mão de um gestor que, depois de 50 anos perdeu praticamente o total dos recursos investidos.

Porto pode levar o RN a perder liderança no Melão
Depois de ter perdido a liderança na exportação de Melão, o nosso Rio Grande do Norte poderá perder a liderança, porque o seu maior produtor, a Agrícola Famosa está embarcando parte de sua safra através dos portos de Pecém e de Mucuripe, no Ceará. Depois da prisão de várias cargas de cocaína embarcadas em Natal, a CODERN não conseguiu instalar um scanner, o que levou o armador CMA/CGM a puxar uma parte dos embarques para o Ceará. E o armador tentou fazer a instalação desse equipamento, o que foi vetado pelo Agência Nacional de Transportes Aquaviários. Como os três diretores da Codern foram importados do Ceará, não estão conseguindo respaldo político fora do deputado General Girão, também cearense, que deve disputar a Prefeitura de Natal pelo PSL.

Azevedo dá a Witzel o sonho presidencial
A presença do Governador do Rio, Wilson Witzel, em Natal, no próximo sábado, para abençoar a filiação do deputado Coronel Azevedo ao PSC, é interpretada pelos analistas, como um primeiro passo na construção de uma candidatura presidencial do governante carioca.
Eleito na "onda bolsonaro", em dobradinha com o senador Flávio Bolsonaro, Witzel levou o pastor Everaldo (dono do PSC, mas usa o título de "presidente de honra") para o seu gabinete e ele começou a pilotar uma possível candidatura presidencial.
Witzel e Everaldo vem entregar o comando do partido ao deputado Coronel Azevedo, eleito pelo PSL, mas sentiu que no partido não tinha lugar para ele logo nos três primeiros meses. Aqui o dono do PSL é o deputado (federal) General Girão, que mostrou seu estilo logo na saída. Para a diretoria da CODERN importou três militares da reserva do Ceará, sem nem ouvi-lo. Azevedo, que mantém o discurso de nova política da campanha, tratou de procurar um partido. Encontrou o PSC...

Globo vai homenagear hoje ator de 100 anos
 A "Escolinha do Professor Raimundo", completa, hoje a sua atual temporada na Globo com uma homenagem nunca apresentada na TV mundial: a homenagem a um ator com 100 anos de idade completados sexta-feira, Orlando Drumond criador do "Seu Peru" fase inicial do programa.
Hoje, "Seu Peru" é interpretado - também de forma brilhante - pelo ator Marcos Caruso. Com um "Seu Peru" já tem frescura em dose cavalar. Imagine com dois.

HUMOR COM EMOÇÃO
Drummond emociona-se ao tentar falar o que o personagem Seu Peru representa na sua vida. "Seu Peru foi um presente que o Chico [Anysio] me deu. Só me trouxe alegria e reconhecimento", garante. Saudoso, o ator contou que não foi a primeira opção para o papel. "Na época, houve o convite para outro ator interpretar o Seu Peru. Este ator ficou na dúvida e o Chico Anysio falou: 'chama o Drummond que ele resolve'. Abracei a causa e não me arrependo". O ator ainda se recorda de diversos momentos curiosos vividos na pele do Seu Peru: "Uma vez, em São Lourenço, eu passeava a pé pela cidade quando um ônibus de turismo parou do meu lado. Era uma gritaria danada. Chamavam pelo Popeye, pelo Scooby Doo, pelo Alf… De repente, pula do ônibus uma senhorinha gritando 'Seu Peru!!!', me abraçou, se desequilibrou e caímos os dois. Ela saiu ilesa, eu quebrei um dedo", conta.

A divisão do Brasil na Visão de Delfim Neto
Quem foi kzar da economia nos governos militares quando o Brasil cresceu a 20% ao ano mestre Delfim Neto pontifica: "A sociedade está dividida, politicamente, entre uma "direita" truculenta, reacionária em costumes, que despreza o conhecimento empírico e se agarra a um misticismo religioso primitivo, e uma "esquerda" que perdeu a sua inteligência e, portanto, é incapaz de entender o que lhe aconteceu e de propor novas ideias que se submetam a um mínimo de lógica (por exemplo, que a soma das partes não pode ser maior que o todo)".

Antônio Delfim Netto  (São Paulo, 1 de maio de 1928) é um economista, professor universitário e político brasileiro. Delfim foi membro da equipe de planejamento do governo paulista de Carvalho Pinto em 1959, membro do Conselho Consultivo de Planejamento (Consplan), órgão de assessoria à política econômica do Governo Castelo Branco em 1965 e do Conselho Nacional de Economia no mesmo ano. Foi secretário de Fazenda do governo paulista de Laudo Natel em 1966 e 1967, ministro da Fazenda de 1967 a 1974 e embaixador do Brasil na França entre 1974 e 1978, ministro da Agricultura em 1979 e do Planejamento de 1979 a 1985. Deputado constituinte por São Paulo de 1987 a 1988 e federal por São Paulo desde 1988

Para que serve ser "Capital do Pastel"
Como se dizia antigamente, "o chumbo, a tinta e o papel do Governo" foram gastos para proclamar que "fica reconhecido o Município de Tangará como a capital gastronômica do Pastel no Estado do Rio Grande do Norte". A Lei, resultante de um projeto do deputado Ubaldo Fernandes, sancionada pela governadora Fátima Bezerra, não serve, absolutamente, para nada. Como se diz: "nem infloi nem contriboi".

Ivan Lira de Carvalho autografa a 2ª edição
 O juiz Ivan Lira de Carvalho reúne os amigos, amanhã, a partir das 17h30 no saguão da Justiça Federal para lançar o a segunda edição do seu livro "A dignidade como patrimônio".
Ivan é o mais novo ocupante da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras, e o livro é uma homenagem ao seu pai, Diomedes Lucas de Carvalho, que foi cirurgião-dentista, promotor de Justiça e professor em Cuité-PB, durante mais da metade do Século XX.

Kleber e Woden dois Criadores campeões
 Na Festa do Boi, entre os expositores de Gado Guzerá Leiteiro, três criadores campeões: O ex-deputado Kleber Bezerra, o jornalista Woden Madruga e Mauel Dantas Vilar Filho, o legendário Manuelito de Taperuá, Paraiba, produtor de queijo de cabra e conhecedor do Nordeste rural com poucos. Klebern ficou em primeiro lugar, e entre os três a EMPARN também classificou-se,


Amoedo diz que Novo terá candidatos em 70 cidades
Reeleito para mandato de mais quatro anos com Presidente do partido NOVO, o empresário João Amoedo disse que o seu partido vai ter candidatos a Prefeito de 70 cidades, que vão somar 65 milhões de habitantes. Em 2016, o partido teve em cinco cidades.
Explicou que o processo de escolha é rigoroso "porque queremos trazer gente preparada para a política. "O processo está acontecendo em 70 cidades." Inclusive Natal.
Amoedo tem origens natalenses e o seu, é o nome do seu bisavô, o desembargador João Dionizio Filgueira, que dá nome a rua de Petrópolis -.-que tem a maior densidade demográfica de Natal.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários