Rodoviários reivindicam reunião com o prefeito

Publicação: 2020-06-02 00:00:00
A+ A-
Os trabalhadores do sistema público de transporte ligados ao Sindicato dos Rodoviários (Sintro/RN) realizaram mais uma paralisação nesta segunda-feira, 1º de junho, em Natal. Eles estacionaram os ônibus em frente ao prédio do Sindicato, na subida da Av. Rio Branco, e caminharam em direção ao Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura do Natal, onde tentaram se reunir com o prefeito Álvaro Dias.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários (Sintro/RN), Júnior Rodoviário, os profissionais da categoria continuam cobrando uma reunião com o prefeito de Natal para tratar acerca das perdas do setor. “O prefeito segue sem querer conversar conosco, está se escondendo e vamos decidir em assembleia o que faremos. Por enquanto está tudo parado", disse Júnior Rodoviário.

Desde o início de maio que os rodoviários promovem manifestações cobrando ações por parte da Prefeitura do Natal para evitar o colapso financeiro nas empresas de transportes, que não estão pagando todas os benefícios devidos aos trabalhadores e não cumpriram a data-base da categoria. Segundo os empresários, as perdas financeiras superam os 70% devido à redução no número de passageiros durante a pandemia.

Os manifestantes só deixaram as imediações da sede da Prefeitura no início da tarde. Até o momento, a Prefeitura não se manifestou sobre essa paralisação.

O Sindicato das Empresas de Transporte Público de Passageiros de Natal (Seturn)  cobra incentivo fiscais por parte da Prefeitura do Natal e afirmou que o sistema de transportes da cidade está em vias de colapso. De acordo com o sindicato, as empresas não têm condições de honrar com os compromissos com os rodoviários.
De acordo com o consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga, a Prefeitura do Natal tem sido omissa na discussão a respeito da situação dos transportes na cidade. Segundo ele, 45% da frota está em circulação por determinação de decretos municipais e atendendo somente 30% da quantidade de passageiros que normalmente utiliza os ônibus. 






Deixe seu comentário!

Comentários