Rodriguinho é destaque na primeira rodada do Brasileirão

Publicação: 2018-04-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Na tarde do último domingo (08), na Arena Corinthians, o Corinthians bateu o Fluminense por 2 a 1 e começou o Campeonato Brasileiro de 2018 com o pé direito. Autor dos dois gols corinthianos na partida, o meia Rodriguinho abriu vantagem ainda maior na artilharia do Alvinegro em 2018.

O potiguar Rodriguinho (à direita na foto) negou que seja protagonista, mas virou xodó da torcida
O potiguar Rodriguinho (à direita na foto) negou que seja protagonista, mas virou xodó da torcida

Com os dois gols marcados, Rodriguinho chegou a oito na temporada 2018. Jadson e Balbuena são os vice-artilheiros do Corinthians no ano, com três cada. Clayson e Emerson Sheik somam um.

A lista de jogadores corinthianos que balançaram as redes adversárias apresenta (um cada): Pedrinho, Romero, Júnior Dutra, Kazim, Pedro Henrique, Renê Júnior, Henrique, Gabriel, Maycon e Sidcley.

Recorde
Rodriguinho marcou os últimos quatro gols do Corinthians: São Paulo, Palmeiras e Fluminense (2). Um feito que não acontecia no clube há mais de sete anos. Mais precisamente em fevereiro de 2011, com Liedson, o último a conseguir balançar as redes quatro vezes seguidas pelo Timão.

O feito do centroavante, que se tornou ídolo da Fiel, foi no Paulistão daquele ano, ao marcar os últimos dois da goleada sobre o Ituano e os dois gols do triunfo sobre o Mogi Mirim. Gols esses que foram fundamentais para o momento, poucos dias depois do revés para o Tolima (COL), na Libertadores.

Já o atual camisa 26 marcou na semifinal do Paulistão contra o São Paulo, levando o Timão para decidir nos pênaltis; na finalíssima contra o Palmeiras, também levando a decisão para as penalidades; e, agora, neste domingo, os dois da vitória sobre o Fluminense, na estreia do Brasileirão.

"Muito feliz de estar vivendo esse momento, ajudando os companheiros se necessário, divido com eles. Eu brilhei hoje, amanhã outro...e vamos assim, sempre muito forte", afirmou Rodriguinho.

O meia foi questionado se vivia o melhor momento da carreira. Segundo ele, uma pergunta que virou rotina no Corinthians.

"Momento incrível, só o engraçado é isso: é o melhor momento? é o melhor? Espero estender ao máximo isso, estou muito feliz, adaptado, meus amigos me ajudando em campo. Não sou protagonista, divido meus méritos com meus companheiros", lembrou.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários