Rogério toma posse hoje como ministro do Desenvolvimento

Publicação: 2020-02-11 00:00:00
A+ A-
O potiguar Rogério Marinho toma posse, às 14 horas de hoje, como novo ministro do Desenvolvimento Regional. A solenidade ocorrerá no segundo andar do Palácio do Planalto, em Brasília, com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e deve contar com representantes da classe política do país e do Rio Grande do Norte.

Créditos: DivulgaçãoRogério Marinho assume hoje à tarde o cargo do ministro do Desenvolvimento RegionalRogério Marinho assume hoje à tarde o cargo do ministro do Desenvolvimento Regional

Entre os políticos do Estado que tinham confirmado, ontem, presença na posse de Rogério Marinho, constam o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira, que também preside o PSDB estadual, partido do qual o novo ministro está licenciado desde que, no começo do ano passado, passou a integrar a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, como  secretário nacional de Previdência e Trabalho.

Ainda prestigiam a posse de Marinho a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP); enquanto os prefeitos de São Tomé, Anteomar Pereira (PSDB), de Marcelino Vieira, Kerles Jácome, o “Babau” e de Santana do Seridó, Hudson Santana de Brito, que tem cargo de direção na Confederação Nacional dos Municipios (CNM), representam uma comitiva da  Federação dos Municípios do  Rio Grande do Norte (Femurn). Os convidados devem chegar com uma hora de antecedência, segundo o Cerimonial do Palácio do Planalto.

Rogério Marinho foi nomeado ministro da pasta do Desenvolvimento Regional na quinta-feira (06), em substituição a Gustavo Canuto, que foi nomeado pelo presidente da República para a presidência da Dataprev, empresa de dados da Previdência Social.

Os integrantes da bancada federal do Rio Grande do Norte que apoiam o governo Bolsonaro,  também devem participar da solenidade de posse de Rogério Marinho, que, aos 56 anos, é o terceiro potiguar a exercer o cargo de ministro do Desenvolvimento Regional, que já foi ocupado pelo falecido ex-governador e ex-ministro Aluízio Alves e pelo ex-senador Fernando Bezerra, ambos nos primeiros e segundo mandatos de Fernando Henrique Cardoso, respectivamente.

Rogério Marinho vai gerir um orçamento de R$ 16,7 bilhões, que incluem recursos de investimentos, despesas e gastos com seguridade social. A pasta gere programas como o “Minha Casa, Minha Vida” e o projeto de transposição das águas do rio São Francisco para estados da região Nordeste.

Ex-vereador em Natal e ex-deputado federal, Rogério Marinho é filho do advogado Valério Marinho e de Sônia Maria Simonetti Marinho, o ministro é neto do falecido deputado Djalma Marinho.







Deixe seu comentário!

Comentários