Rogério Marinho se irrita e responde ao Blog do Ciríaco

Publicação: 2014-04-15 00:00:00
O vice-presidente administrativo, de finanças e relações do ABC, Rogério Marinho respondeu aos questionamentos feitos no Blog do Ciríaco, da TV Tribuna. Em entrevista, ontem, à Rádio Globo Natal, no programa Globo Esportivo Primeira Edição, o dirigente explicou que o clube vive um processo de reestruturação e que os problemas financeiros estão sendo resolvidos de forma transparente.

Marinho mostrou-se incomodado, principalmente, com a expressão “caixa preta”, usada por Itamar Ciríaco ao se referir “a falta de informações claras sobre as razões e as possíveis saídas para a crise” que atinge o ABC. Marinho entendeu que a expressão era em relação a movimentação financeira.

saiba mais

“No ABC existe uma caixa preta e branca, que são as cores do ABC”, disse. “Nós não temos nada a esconder. Não existe caixa preta nenhuma. Pelo contrário, o ABC tem as suas contas auditadas, tem um conselho fiscal e tem um conselho deliberativo, que discute, aprova ou reprova as contas do clube. Nós somos uma entidade com toda a responsabilidade fiscal definida por lei. O âmbito em que se discute as contas do clube é no seu conselho deliberativo e no seu conselho fiscal”, complementou.

Sobre se o clube optara por abrir  mão do Campeonato Estadual para disputar em melhor condições a Série B do Campeonato Brasileiro, o dirigente afirma que em nenhum momento a atual diretoria fez opção por priorizar esta ou aquela competição. “Sabíamos que tratávamos de calendário para o próximo ano. O ABC cometeu erros que foram reconhecidos aqui publicamente e está na entrevista que dei e os erros foram frutos da vontade de acertar”, explicou, acrescentando que existiram dificuldades no começo do ano quando o presidente Rubens Guilherme tomou um “gancho” da Justiça Desportiva. “Isso ocasionou uma dificuldade na condução do processo de futebol dentro do clube”, segundo ele. Sem diminuir a irritação com o fato do Blog do Ciriaco ter cobrado “mais transparência” sobre a administração dos clubes, não só no ABC, Marinho pediu “respeito à diretoria do ABC”. Sobre a presença da oposição na administração do clube – outro fato citado por Itamar Ciríaco no comentário - Rogério Marinho negou que esta seja a realidade atual.

Segundo o dirigente, a atual gestão é a continuidade da administração Rubens Guilherme, tanto que o clube já protocolou desde março, na justiça desportiva, procedimento jurídico para antecipar o fim da punição recebida pelo presidente e sua volta ao comando Alvinegro. Foi enfático ao analisar que o ABC vai sair da situação em que se encontra, “apesar dos que querem o contrário”.

Sobre a questão das dívidas alvinegras, elas existem, mas Marinho afirma que 70% delas estão “equacionadas ou negociadas”. “Os 30% que faltam estão nesse processo. Nós temos todas as certidões. Se não tivéssemos as certidões nós não estávamos recebendo Timemania, não teríamos assinado o contrato com a prefeitura do Natal para reformar o nosso vestiário, nem tampouco iríamos dia 22 fazer a assinatura do contrato com a Caixa. Entramos na justiça para que fosse retirado o nome do ABC do CADIM porque já temos todas as certidões e isso estava demorando e isso prejudicaria o time”, revelou o vice-presidente acrescentando que já existe negociação com a previdência social, com débitos trabalhistas, com fundo de garantia e com a receita federal. “Os débitos do ABC estão equacionados e sua dívida está alongada”, concluiu.