Ronaldo entra na briga e quer punições

Publicação: 2019-11-13 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
São Paulo (AE) - O ex-jogador Ronaldo Fenômeno está utilizando as redes sociais para combater o racismo. Nas últimas semanas, o jogador que foi eleito por três vezes o melhor do mundo cobrou punições mais severas nos casos no futebol italiano e ainda destacou uma palestra que seu pai proferiu sobre o tema na escola das netas. O engajamento com a questão racial é uma novidade em sua trajetória.

O último episódio que chamou a atenção do herói do pentacampeonato da seleção brasileira aconteceu no início do mês no Campeonato Italiano, no jogo entre Verona e Brescia, válido pela 11ª rodada. O atacante Mario Balotelli, do Brescia, percebeu que alguns membros da torcida adversária estavam emitindo ofensas racistas e imitando sons de macacos. Revoltado, ele jogou a bola para a arquibancada e ameaçou sair de campo. "Lamentáveis e repugnantes os casos de discriminação racial no último final de semana, no Campeonato Italiano. A liga deveria se posicionar com seriedade e rigor. No mínimo, com punições que abrangessem perda de pontos, portões fechados nos jogos seguintes e aplicação de multa", escreveu o ex-jogador.

Balotelli indicou que não vai mais toleras as ofensas racistas. "Pessoas assim devem ser banidas da sociedade, não só do futebol. Chega de engolir. Chega de deixar para lá. Chega. Chega."

Ronaldo já havia discutido o tema em outubro. "Temos um papel essencial na criação de uma sociedade livre de preconceitos. E esse registro me enche de orgulho”, escreveu em uma foto na qual o pai do atleta aparece com seus filhos após dar uma palestra sobre racismo.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários