Ronda policial foi suspensa em parte das zonas Leste e Norte de Natal

Publicação: 2014-04-22 09:46:00
As primeiras horas de paralisação da Polícia Militar no Rio Grande do Norte já têm efeito direto para a população potiguar. Pelo menos nas zonas Leste e Norte da capital potiguar a população observou a redução no policiamento nas ruas nesta terça-feira (22). A PM confirmou suspensão de atividades.
No 1º Batalhão, policiais militares permanecem de braços cruzados
O 1º Batalhão da PM, nas Rocas, está com oito viaturas paradas dentro. Segundo informações de policiais que permanecem no local de braços cruzados, os policiais do local aderiram à paralisação e desde as primeiras horas de hoje que não há a ronda nas ruas.

Situação semelhante ocorre na zona Norte de Natal. Em local onde geralmente há a presença de policiais militares durante a manhã, moradores e comerciantes relataram que nenhum policial esteve nas proximidades durante esta terça-feira. "Eles sempre ficam por aqui, que é um ponto de grande movimento, mas hoje não apareceram", disse a comerciante Maria das Neves Costa.
Viaturas estão paradas em frente ao posto policial da Via Costeira
No atendimento ao turista, seis viaturas estão paradas em frente ao Comando Independente de Policiamento Turístico. Dos 20 policiais que deveriam estar divididos entre a guarda no Comando e o policiamento em pontos específicos nas ruas, somente quatro estavam atuando, sendo um oficial e três praças. Segundo o oficial do dia, um dos policiais está de atestado médico e os demais aderiram à paralisação. A guarda na sede do comando ocorre devido à presença de armamentos que não podem ficar desprotegidos. Os policiais que estão no local, porém, também estão de braços cruzados.

saiba mais

Apesar da paralisação, o procurador-geral do Estado, Miguel Josino, que está encarregado de mediar as discussões entre policiais militares com o Executivo, disse que o clima é de tranquilidade na cidade e que o movimento ocorre de maneira pacífica. Segundo Josino, a expectativa é que Governo e policiais militares cheguem a um acordo ainda nesta terça-feira.

Mossoró

A expectativa de paralisação das atividades da Polícia Militar também no interior do estado ainda não está confirmada. De acordo com o comandante do 2º Batalhão da PM em Mossoró, coronel Alvibá Gomes, o policiamento na cidade transcorre normalmente e nenhum incidente fora do normal ocorreu durante as primeiras horas desta terça-feira.

Leia também: