Rosalba anuncia nomes de mais cinco secretários

Publicação: 2010-12-28 00:00:00 | Comentários: 2
A+ A-
Anna Ruth Dantas - repórter

A governadora eleita Rosalba Ciarlini anunciou os nomes de mais cinco auxiliares do primeiro escalão. Os nomes não trazem qualquer surpresa, estampam acomodações políticas e indicações pessoais da chefe do Executivo. Foram escolhidos os titulares das Secretarias de Educação, Betânia Leite; de Trabalho e Ação Social, Luís Eduardo Carneiro; de Infraestrutura, Kátia Pinto; da Especial da Copa, Demétrio Torres; e de Articulação com os Municípios, Esdras Alves. Além deles, foram indicados os diretores de dois órgãos da administração indireta: a Caern será comandada pelo engenheiro Walter Gazi e o titular da Secopa acumulará a diretoria geral do DER.

Rosalba Ciarlini: dificuldades na escolha de nome para a SaúdeHoje a governadora eleita deverá divulgar uma nova listagem de secretários. Dos 23 cargos de primeiro escalão da administração direta, foram indicados, até o momento, 14 secretários. Já na administração indireta, dos 28 cargos apenas quatro foram escolhidos pela governadora. Os outros permanecem indefinidos ou não foram anunciados.

Na lista anunciada ontem de cinco nomes, a governadora traz apenas uma indicação técnica. A diretora da Comissão Permanente do Vestibular (Comperve) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Betânia Leite, foi escolhida para ser titular da Educação. O nome dela foi uma sugestão do reitor da UFRN, Ivonildo Rego, que havia sido convidado para o cargo.

Já a indicação de Luís Eduardo Carneiro para a Ação Social traz o “DNA” do senador Garibaldi Alves Filho. Um dos principais aliados da campanha de Rosalba Ciarlini, o peemedebista deverá ter dois cargos no primeiro escalão, o primeiro é o de Luís Eduardo, o segundo ainda está indefinido.

Na listagem divulgada ontem, Rosalba Ciarlini mostra a força política do senador José Agripino Maia no novo Governo. O líder do DEM,  que já havia indicado o secretário de Administração, Manoel Pereira, emplaca também o diretor do DER e secretário especial da Copa, Demétrio Torres, e o secretário de Articulação com os Municípios, Esdras Alves. Esse último chega para implementar um novo projeto na pasta: promover uma articulação política não apenas com os prefeitos, mas também com os deputados. A governadora Rosalba deseja implantar um plano semelhante ao que é realizado no Governo de São Paulo.

A indicação de Demétrio Torres para o DER já era esperada. Ele ocupou a mesma função no Governo José Agripino e deixou a Prefeitura de Natal, em outubro passado, já com vistas ao cargo que iria ocupar na administração de Rosalba Ciarlini.

Outra nome anunciado ontem foi o da engenheira Kátia Pinto. Ela foi secretária municipal de Planejamento na Prefeitura de Mossoró na gestão Rosalba Ciarlini e atualmente era secretária municipal Territorial e Ambiental na gestão Fafá Rosado. A indicação dela é uma escolha pessoal da governadora eleita.

Rosalba Ciarlini também já acomodou o vice-governador eleito Robinson Faria (PMN). Além de ter o indicado para a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos, a governadora nomeará o engenheiro Walter Gazi, indicado de Faria, para a diretoria geral da Caern.

Gazi, que estava atuando em Alagoas, já ocupou a mesma função este ano. Ele foi nomeado ainda pela governadora Wilma de Faria e continuou na gestão Iberê Ferreira. Saiu do cargo depois do rompimento político de Robinson com o governador do PSB.

cargos

Secretarias que ainda não estão com os futuros titulares indicados:

Controladoria-Geral do Estado;

Defensoria Pública Geral do Estado;

Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca;

Secretaria da Justiça e da Cidadania;

Secretaria da Saúde Pública;

Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social;

Secretaria de Tributação;

Secretaria de Esporte e Lazer;

Secretaria de Turismo.

Dificuldade para indicar o novo titular da Saúde

A governadora eleita Rosalba Ciarlini enfrenta dificuldades para indicar o secretário estadual de Saúde. Uma das principais pastas da administração, encontra resistência dos cotados na lista da chefe do Executivo. O primeiro nome que ela planejou foi o do deputado estadual Getúlio Rego (DEM). Mas esse, logo depois que a governadora ganhou, procurou-a para avisar que não tinha interesse em deixar o Legislativo. Em seguida, a governadora pensou na enfermeira Ana Tânia Sampaio, mas ela também foi descartada por ainda estar em estágio probatório na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde é professora.

Rosalba Ciarlini também sondou o médico cardiologista Nelson Solano, diretor do Hospital do Coração, mas ele também não aceitou. Depois das sondagens, a governadora volta a investir no deputado Getúlio Rego (DEM). Caso ele aceite, Rosalba Ciarlini resolverá dois problemas: um secretário para Saúde e ainda acomodará José Adécio, primeiro suplente do DEM, na próxima legislatura da Assembleia.

A resposta que virá do deputado Getúlio Rego trará outras mudanças no primeiro escalão. Se o parlamentar do DEM não aceitar, Rosalba deverá acomodar José Adécio na Secretaria Estadual de Agricultura. E, nesse caso, deverá buscar outro cargo para o deputado federal Betinho Rosado, que ficará em uma secretaria para assegurar a permanência de Rogério Marinho na Câmara dos Deputados. Ele é o primeiro suplente da coligação PMN, DEM e PSDB para a próxima legislatura.

Outra pasta nevrálgica da administração é a Segurança. Embora o nome ainda não tenha sido anunciado, a governadora já escolheu o titular, que será um delegado da Polícia Federal. Outras secretarias importantes para o desenvolvimento do Estado ainda não têm novos titulares. É o caso da Secretaria Estadual de Turismo. Um dos cotados é o atual secretário adjunto de Turismo de Natal Sandro Pacheco.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • fbnelo

    Como a politica é injusta com alguns, a governadora não nomeou nenhum companheiro da prefeita Micarla de Souza que tanto a ajudou na campanha, no entanto nomeia para a pasta do desenvolvimento econômico um baiano que não votou e nem vai votar nela, não conhece o estado suas dificuldades e potenciais, começa mal o governo de nossa governadora é esperar prá ver....

  • itamar_s0uza

    Muda só o circo os palhaços continuam os mesmos.