Rosalba descarta concessão de aumento em setembro

Publicação: 2011-09-03 00:00:00 | Comentários: 6
A+ A-
A governadora Rosalba Ciarlini descartou a possibilidade do Executivo começar a implantar o reajuste do funcionalismo público a partir deste mês. Segundo ela, o Governo fará agora a convocação de cada categoria para negociar  como serão implantados os planos de cargos e salários que estabelecem aumentos, mas sem data para as aplicações.
Rosalba Ciarlini afirma que não há prazo para convocar os aprovados nos concursos da Polícia
“Na realidade a interpretação (do acordo feito com servidores) é que a partir de setembro quando tivesse toda avaliação iríamos continuar as negociações, analisar e ver como podemos avançar nos planos de cargos e salários”, ponderou a governadora.

Ela disse que a análise será feita a partir de agora com a participação de representantes do Governo e das categorias de servidores públicos. “Vamos começar a convidá-las (as categorias) para sentar à mesa e veja como tudo isso será possível”, destacou.

Rosalba Ciarlini manteve a informação de que não há qualquer prazo para convocar os aprovados no concurso da Polícia Civil e Militar. “Quanto a isso não há novidade porque nós estamos com a Lei de Responsabilidade Fiscal nos impedindo. Embora tenha necessidade e minha vontade seja muito grande de convocar, mas só posso fazer se tiver como pagar. Não adianta ao mesmo tempo que crie condição de convocar não ter meio de fazer o seu pagamento pelo trabalho justo”, ponderou.

As declarações da governadora Rosalba Ciarlini de que os planos de cargos carreiras e salários dos servidores públicos não começarão a ser implantados a partir de setembro frustra as categorias dos servidores públicos. No primeiro semestre de 2011, oito categorias, entre elas servidores do Detran e da Fundac, da Secretaria Estadual de Saúde, Central do Cidadão e Emater, além de médicos e professores, deflagraram greve protestando contra o não cumprimento dos planos de cargos que definem aumentos salariais.

As leis, prevendo os reajustes dos servidores, foram aprovadas ainda no ano passado pela Assembleia Legislativa e sancionadas pelo então governador Iberê Ferreira. A justificativa da governadora Rosalba Ciarlini para não implantar foi orçamentária, já que o Executivo, no primeiro quadrimestre de 2011 se manteve acima do limite total da Lei de Responsabilidade Fiscal. O Governo conseguiu finalizar as greves dos servidores afirmando que os planos seriam executados a partir do mês de setembro.

A expectativa agora é para a publicação do balanço do segundo quadrimestre de 2011. O secretário chefe da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes, disse ontem que ainda não há qualquer finalização. “Os números estão sendo fechados”, destacou. O auxiliar de primeiro escalão reconheceu que, com a decisão do Tribunal de Justiça que determinou ao Governo aplicar os reajustes aos defensores públicos, a questão dos aumentos salariais deixa de ser jurídica, com impeditivo da Lei de Responsabilidade Fiscal, para ser orçamentária. “O Governo quer implantar agora os planos”, disse o secretário.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • marlenesilva74

    Quero só lembrar a todos, que a governadora Rosa que virou Coroa de frade, esquece que o vice-governador era o presidente da assembléia legislativo durante todo tempo que foi feito os pagamentos dos funcionários, sejam de qualquer que fosse a catégoria ou secretaria. Somente agora ele se cala e nada tem a dizer diante de tamanha desgraça nos não pagamentos aos funcionários que lá o colocaram: FICA O LEMBRETE AO ( DEMônio) com esse governo e o quadro que aí se encontram só resta o povo dar o troco da mesma maneira que estão recebendo: FOME E MISÉRIA NO GOVERNO ESTADUAL DO RN, NÃO É NOVIDADE.

  • bizarro_95

    Que cinismo e falta de respeito. Tantas vezes vimos a secretária betânia ramalho alardear que era o maior aumento dado a categoria, (uma grande mentira) que seria pago em quatro parcelas a partir de setembro, e agora vem esse arremedo de governadora dizer que houve má interpretação. O RN está a quarenta anos, ou mais, sendo governado por essa turma, que colocam o RN como o segundo pior estado no que diz respeito aos índices educacionais.

  • thaylsonrodrigues

    EITA GOVERNO DE MENTIRAS!!!

  • marcosasbarbosa

    Eu sabia. Os professores só suspenderam a greve porque a presidente do sindicato ficou com medo de ser presa (coitada). Então quem não tem medo não assume. Ela é muito frouxa pra o meu gosto. Quanto à governadora, sua palavra é um risco n'água não tem diferença. No dia 13/08, ao dar uma entrevista a um jornal da cidade, se condoeu com a situação do ensino médio, porém sem professor valorizado no bolso fica descartada a melhoria na qualidade do ensino. A governadora finge que paga bem e está preocupada com a educação e a gente finge que não precisa de dinheiro e não ensina. Resolvido.

  • pinheiro54

    Este governo não repeia nenhum poder . Diz uma coisa e faz outra, mostra com isto que não tem justça que faça pagar qualquer coisa. È a toda poderosa com seu secretário que manda mais do que ela. È uma vergonha um estado que usa dinheiro público para pagar propagandas elogiando seu governo equanto os servidores passa essa vergonha. GOVERNO DESCOMPROMISSADO

  • rogerioapbt

    Vá confiar em Rosalba! Acredito no meu pais e sei que quando os eleitores pararem de votar nesse tipo de gente o nossso pais terá mais justiça e dignidade.