Rosalba é reprovada por 58 por cento e Micarla por 89 por cento

Publicação: 2012-01-15 00:00:00 | Comentários: 6
A+ A-
A governadora Rosalba Ciarlini e a prefeita de Natal Micarla de Sousa não conseguiram reverter os índices de desaprovação nos últimos seis meses. Pesquisa Certus, registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 002-2012, apontou que as gestões estaduais e municipais se mantém com os mesmos percentuais de desaprovação de seis meses atrás, considerando a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. Tanto a governadora Rosalba quanto a prefeita Micarla tiveram um pequeno crescimento na desaprovação, mas que se mantém dentro da margem de erro da pesquisa.
Aldair DantasPrefeita Micarla de SousaPrefeita Micarla de Sousa

A governadora Rosalba Ciarlini é desaprovada hoje por 58,57% dos natalenses. Outros 25,71% aprovam a gestão. Dos 700 entrevistados da pesquisa, 13,14% não souberaram responder e outros 2,57% não responderam. No comparativo com a pesquisa Certus divulgada na edição da TRIBUNA DO NORTE do dia 10 de julho do ano passado, houve crescimento de quase três pontos percentuais na desaprovação, e a aprovação se manteve praticamente estável. Há seis meses, os números apontavam que Rosalba Ciarlini tinha a gestão desaprovada por 55,6% e era aprovada por 25,4%.

Já a prefeita de Natal Micarla de Sousa teve um pequeno crescimento na desaprovação. Na pesquisa Certus de seis meses atrás, a administração da capital  desaprovada por 88,6%. Dessa vez o estudo mostra que o índice de desaprovação chegou a 89%. A aprovação da prefeita teve uma pequena alta inferior a um ponto percentual, o que também se mostra dentro da margem de erro da pesquisa. Em julho de 2010, 7,8% das pessoas aprovavam a administração de Micarla. Dessa vez 8,57% disseram aprovar a gestão. No novo estudo, 1,71% não souberam responder sobre a administração da prefeita e outros 0,71% não responderam.

PRESIDENTA

Entre as administrações municipal, estadual  e federal, a presidenta Dilma Rousseff é a única que consegue manter  o índice de aprovação, inclusive crescer acima da margem de erro da pesquisa. A Certus identificou que a gestão do Governo Federal é aprovada por 72,57% das pessoas. Na pesquisa feita há seis meses esse percentual era de 61,4%.

No novo estudo, 18,57% desaprovam a gestão da presidenta Dilma Rousseff, 7,57% não souberam responder e outros 1,29% dos entrevistados não responderam. No comparativo com os números da pesquisa passada, houve uma queda no número de entrevistados que desaprovam a gestão do Governo Federal. Há seis meses eram 25,4% das pessoas.

A pesquisa Certus foi realizada nos dias 6 e 7 de janeiro e entrevistou 700 pessoas em 33 bairros das quatro regiões da cidade.

Índice de “péssimo” do governo chega a 22%

Diante da pergunta sobre como avalia a administração, em uma escala de “ótimo” a “péssimo”, a pesquisa Certus apontou que 43,29% das pessoas classificaram o governo Rosalba Ciarlini como “regular”. Apenas 3,43% consideraram ótimo e 15,43% disseram ser uma administração boa. Já no conceito de ruim foram 12,86% e outros 22% dos entrevistados disseram ser a gestão péssima.

No caso da prefeita de Natal Micarla de Sousa, o alto índice de desaprovação é estampado também na classificação da administração. 65,14% das pessoas consideram a administração da gestora da capital péssima e outros 14% dos entrevistados disseram ser “ruim”. A administração de Micarla é considerada ótima por apenas 1,71% das pessoas e boa por 3,71%. Na pesquisa Certus 14,86% consideram a administração de Micarla regular.

Na classificação das administrações, a presidenta Dilma Rousseff inverte exatamente a curva de reprovação das gestoras municipal e estadual. O Governo dela é considerado bom por 47% das pessoas e ótimo por 15,43%. Na pesquisa Certus, 24,71% considerou a administração federal “regular”. Já 3,57% das pessoas disseram ser ruim e 6,29% péssima.

A pesquisa Certus também apontou as aprovações das gestões municipal, estadual e federal dividida por zona da capital potiguar. No caso da governadora Rosalba Ciarlini a maior desaprovação ocorre na zona Oeste. Naquela região ela é desaprovada por 62,7% das pessoas. A maior aprovação da gestão estadual é na zona Leste, onde 27,62% dos entrevistados disseram aprovar a gestão.

Já a prefeita de Natal Micarla de Sousa tem o maior índice de desaprovação na zona Sul, onde 92,5% das pessoas disseram desaprovar a gestão. Na zona Leste está o maior índice de aprovação da gestão municipal, com 14,29% dos entrevistados dizendo aprovar a administração. Sobre a prefeita de Natal, a pesquisa Certus  fez uma extratificação por religião e mostrou que a aprovação da prefeita entre os evangélicos alcança o dobro do índice verificado entre os católicos.

Governadora considera que percentual é o esperado

A governadora Rosalba Ciarlini avaliou que os índices de desaprovação da sua gestão, chegando a quase 60%, já eram esperando devido ao ano difícil de 2011. “Encontramos o Estado em uma situação difícil economicamente. Para recuperar o equilíbrio financeiro tivemos que adotar algumas medidas que desagradaram alguns setores, como o funcionalismo (no caso da não implantação do plano de cargos carreiras e salários). Mas o importante é que o Estado está recuperando o equilíbrio financeiro a ponto de ser considerado pelo Tesouro Nacional como o melhor Estado do Nordeste em recuperação financeira”, destacou a governadora Rosalba Ciarlini. Ela citou que houve uma redução nos gastos do Governo do Estado,mas, em contrapartida, já foi possível oferecer alguns reajustes, como o caso do magistério, que passou a receber o Piso Nacional do Professor. “Aplicamos um reajuste de 34% no salário dos professores”, destacou a chefe do Executivo.

Como medidas de redução de gastos ela citou 43% de diminuição no número de diárias, no comparativo com 2010 e 6,8 milhões de litros de combustível no ano. “Conseguimos economizar 18mil litros de combustível por dia”, ressaltou a chefe do Executivo. Ela citou também as medidas para recuperar  a credibilidade do Estado junto ao Ministério do Esporte, Governo DFederal e Fifa, conseguindo viabilizar a Copa do Mundo em Natal.

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE procurou também o secretário municipal de Comunicação, Jean Valério, para entrevista a prefeita Micarla de Sousa. Ele afirmou que o Executivo não comentará pesquisa. Mas destacou que “a prefeita tem se dedicado a um planejamento estratégico e antecipar vários investimentos importante que a cidade terá”.

O secretário citou o exemplo das obras de mobilidade da Copa do Mundo, “que serão iniciadas em fevereiro”. Jean Valério também afirmou que a Prefeitura fará  a recuperação das avenidas da cidade e a conclusão da “modernização da saúde, com mais uma Unidade de Pronto Atendimento.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • josielmarinho

    Que bom , que rosalba e micarla ( borboleta )nao esta com tanto brilho, entre os natalenses opovo de natal a cordo de um pessadelo calsado pelo (DEM ) eo (PV )da borboleta, mas da qui para comersar as eleiçoes elas tem muito teatro para representar de uma boa moça, de uma boa canidata , uma boa administradora que nao foi , nos funcionarios que o diga. !?

  • sumaiaferreira

    pessoal eu ñ votei em micarla.porém eu tenho receio de quem virá nas proximas campanha vão fazer a festa e ñ é por ser mulher o exemplo é dilma e fatima bezerra; são os companheiros do dem que pegaram carona pra se promover e agora querem fazer oposição aos atual governo cansamos gente são bons administradores porque ñ auxiliaram a borboleta?se ela estivesse bem todos estariam junto com ela agora e atribuindo os louros a eles, abriga seria agora pra reeleger alguem do interese deles sujeito esperto esse zé , só nos resta escolher gente longe de escandanlo,humilde etica

  • Francisco-Almir1

    sem saúde,educação,segurança e ruas esburacada o resultado só podia ser esse!!

  • flavianofialho

    Esses índices só vem mostrar a inoperância e falta de respeito com a população.

  • marialeidebatista

    Será que ainda tem alguém que vote nessas CRIATURAS?Natal está um caus. na saúde na mobilidade na educação, enfim faz pena uma cidade tão linda se encontra nesta situação por causa da incompetência política dias desse passei na Ribeira,gente um lugar com casarões belíssimo tudo abandonado pelo poder publico,sendo que poderia ser bem explorado para o turismo, não tenho consciência pesada, pois não votei nessas CRIATURAS.

  • karlamarthinna

    Fora todas 2! Micarla e Rosa.