São Paulo, Inter e Vasco vencem seus jogos como mandantes

Publicação: 2020-08-14 00:00:00
A paz de Bastos! Sob a batuta do camisa 8, o Vasco estreou com vitória no Campeonato Brasileiro 2020. O Cruzmaltino derrotou o Sport por 2 a 0, em São Januário, com dois gols de Fellipe Bastos e largou com pé direito na principal competição nacional. O próximo compromisso do Gigante da Colina na competição será diante do São Paulo, neste domingo (16/8), às 16h, em São Januário.

Créditos: Alexandre BrumGoleiro Maílson, do Sport, não evitou o segundo gol de Fellipe Bastos, do Vasco, em São JanuárioGoleiro Maílson, do Sport, não evitou o segundo gol de Fellipe Bastos, do Vasco, em São Januário

A equipe carioca soube explorar as falhas dos nordestinos, que chegaram a assustar em certos momentos.

São Paulo

Em sua primeira partida no Campeonato Brasileiro, o São Paulo "castigou" mais uma vez um dos maiores ídolos de sua torcida: o ex-goleiro e técnico do Fortaleza, Rogério Ceni. O problema é que a vitória por 1 a 0 em cima do adversário cearense não foi um primor e é certo que o conjunto treinado por Fernando Diniz precisa evoluir para tentar brigar, de fato, pelas primeiras posições da tabela.

A partida desta quinta-feira foi a terceira derrota de Rogério Ceni no comando do Fortaleza em três jogos contra o São Paulo. Esse foi o primeiro encontro realizado no Morumbi - os outros dois, pelo Brasileirão do ano passado, foram disputadas no Castelão e no Pacaembu. Antes da partida, a torcida do time onde o técnico fez história como goleiro enfeitou as arquibancadas com bandeiras do ídolo, que ainda foi homenageado em um vídeo no telão do estádio.

No estádio Beira-Rio, com um domínio surpreendente, o Internacional derrotou o Santos por 2 a 0  e faturou sua segunda vitória no Brasileirão, mais uma vez com atuação decisiva de Paolo Guerrero, que abriu o caminho da vitória, fechada por Edenilson.

Torrent vê Flamengo ainda sem ritmo

Cobrado após a segunda derrota do Flamengo no Campeonato Brasileiro, por 3 a 0 para o Atlético Goianiense, na noite de quarta-feira, o técnico Domènec Torrent responsabilizou mais aspectos físicos pelo tropeço do que as mudanças táticas realizadas por ele na formação que era adotada por Jorge Jesus.

Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que repetiu o esquema tático do português na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, na estreia do time na competição, e considerou a resposta boa. Já na noite de quarta, a derrota foi acachapante. E o time teve duas trocas na formação: Rodrigo Caio atuou improvisado na lateral direita e Vitinho substituiu Arrascaeta.

"No primeiro jogo, começamos com o 4-4-2, como o Jorge Jesus. Acho que jogamos muito bem no primeiro tempo do primeiro jogo e poderíamos fazer mais gols. Hoje, começamos no 4-3-3 e, depois, no 4-2-3-1. Respeito o trabalho do ano passado, não fiz muitas alterações, mas eu falo que é difícil ganhar novamente. É muito difícil. O ambiente com a pandemia é muito difícil", afirmou. Torrent apontou falta de ritmo do Flamengo pelo longo tempo sem jogos oficiais.

Sampaoli pede reforços experientes

A busca de reforços para o Atlético Mineiro visando a sequência do Campeonato Brasileiro ainda não terminou. Após a segunda vitória do time na competição, sobre o Corinthians, por 3 a 2, na noite de quarta-feira, o técnico Jorge Sampaoli confirmou que pediu mais contratações para o elenco para um time que ele vê ainda "em formação".

Na avaliação do treinador argentino, o futebol brasileiro tem se consolidado por ter times fortes defensivamente. Algo que seria um desafio ao estilo ofensivo que vem buscando implementar na sua passagem pelo Atlético-MG. "Sim, em plena formação. Estamos aprendendo juntos a jogar de uma maneira, em um meio em que os esquemas defensivos são muito fortes", disse.

Desde o anúncio da chegada de Sampaoli em 1º de março, o Atlético-MG oficializou oito contratações. Delas, apenas três foram de jogadores com ao menos 30 anos - Rafael, Keno e Mariano E o treinador argentino deixou claro que os seus pedidos de reforços são de jogadores experientes. "Uma equipe muito jovem. Consolidar com experiência em algumas das linhas seria o ideal para que esta juventude cresça mais segura. Com o plantel que temos, neste projeto seria o ideal. O clube sabe como tem que fazer", afirmou.



Leia também: