Cookie Consent
Natal
Saúde declara fim da emergência para microcefalia
Publicado: 00:00:00 - 14/05/2017 Atualizado: 11:51:05 - 13/05/2017
O Ministério da Saúde declarou, semana passada, fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN) em decorrência do vírus Zika e sua associação com a microcefalia e outras alterações neurológicas. A decisão, informada à Organização Mundial da Saúde (OMS) por meio de nova avaliação de risco, ocorre 18 meses após a decretação de emergência, em um momento de queda nos casos de Zika e microcefalia em todo o país. O conjunto de ações voltadas para a eliminação do mosquito Aedes aegypti implantadas pelo Governo Federal, contribuiu - juntamente com a mobilização da população - para a diminuição dos casos.

Leia Mais

No Rio Grande do Norte, de acordo com levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), 488 casos de microcefalia foram notificados até o início deste mês. Destes, 144 foram confirmados. A maioria dos casos – 335 – são de nascimentos ocorridos em 2015; 141 são de nascimentos ocorridos em 2016 e um este ano. Outros quatro casos foram registrados tendo ano de nascimento, 2014. Os demais estão entre abortos e pré-natal. Os casos notificados estão distribuídos em 91 municípios do estado. Do total, 106 estão sob investigação, 144 confirmados e 238 descartados. Os casos confirmador estão distribuídos em 47 cidades espalhadas por todas as regiões do Rio Grande do Norte. A cidade com o maior número de registros confirmados é Natal, com 41; seguida de Mossoró, com 14.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte