Sanduíches: receitas de sucesso

Publicação: 2006-01-29 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
SUCESSO -  A marca Natalis Sanduíches é distribuída hoje para 50 pontos de venda em NatalO mercado de “fast food”, que movimenta anualmente US$ 414 bilhões em todo o mundo, desperta também o interesse de pequenos empreendedores, como o casal potiguar Wilson Martins e Maria da Costa Xavier, que há 8 anos produz sanduíches leves para lojas de conveniência, bancas de revistas, lanchonetes de escolas, universidades e hospitais. O negócio que começou com um cheque pré-datado no valor de R$ 36,00 emitido para um dos supermercados de Natal, visando a aquisição dos ingredientes para produzir artesanalmente os primeiros sanduíches, transformou-se na próspera marca Natalis Sanduíches Leves, distribuída atualmente em 50 pontos de venda da capital.

Nos oito anos de existência, a microempresa familiar passou por períodos altos e baixos, até que o seu gestor Wilson Martins decidiu inscrever-se no Programa Novos Empreendedores, lançado pelo Sebrae através da mídia nacional, onde ele tomou conhecimento do programa. “Quando me inscrevi no programa, via Internet, eu não estava somente atrás do dinheiro. Precisava de um acompanhamento, uma consultoria”, confessa Wilson, que respondeu a um questionário na Internet, foi entrevistado e participou de um curso de 100 horas no setor de Treinamento do Sebrae em Natal.

Desde que Wilson Martins apresentou o plano de negócios da microempresa, com o qual conseguiu um empréstimo de R$ 17 mil, que está terminando de pagar, já se passaram três anos. A contrapartida dos empreendedores foi de R$ 6 mil, receita obtida com a venda de bijouterias produzidas pelo casal. Os recursos, do empréstimo aprovado pela Caixa, foram investidos na construção da cozinha, num terreno por trás da residência do casal, na zona sul da capital, e na aquisição de equipamentos como: computador, balcão frio, balança, fogão e forno industrial, multiprocessador e uma moto zero quilômetro para o serviço de entrega.

Atualmente são produzidos 3 mil sanduíches/mês, em sete sabores diferentes, sendo o campeão de vendas o recheado com frango, salada, azeitona e catupiry, seguido do de frango, salada, abacaxi, maçã e passas. A meta dos diretores da Natalis é duplicar esta produção até o final do ano. Para melhorar o processo de produção foram definidos 3 dias da semana em que são feitos os sanduíches, no domingo (350 unidades) e às terças e quintas, com uma produção de 250 unidades em cada dia. No restante da semana é feita a distribuição numa moto pilotada pelo próprio Wilson.

“O ano de 2005 foi um ano muito difícil, mas de muito aprendizado”, avalia Maria Xavier, lembrando que o apoio dos consultores do Sebrae foi fundamental para reerguer a empresa, cujas vendas caíam vertiginosamente. Para identificar os gargalos da empresa, foi encomendada ao Sebrae uma pesquisa, que identificou a necessidade de melhorar a receita do produto e a sua apresentação. “Eu precisava saber o que fazer para não fechar a minha empresa”, lembra Wilson.

Além de uma “mexida” nas receitas, foi necessário criar uma nova marca e embalagem para relançar os sanduíches que tinham a marca de Bugs, criada há 8 anos e eram vendidos em pontos diversos da cidade, além da orla da Praia de Ponta Negra, em Natal, pelo casal. “No começo, quando conseguíamos produzir 40 sanduíches num só dia, era uma festa”, lembra Wilson.

Os sanduíches, que antes eram embalados em papel alumínio, passaram a ser acondicionados em plástico, tipo filme PVC, e em caixas lacradas com etiqueta adesiva. Com a mudança na composição dos recheios, o sanduíche passou de 140 para 160 gramas. Para garantir a qualidade, os diretores da Natalis contam com a parceria de fornecedores do pão integral, da cenoura e de um aviário que fornece o filé de peito de frango.

Para agregar valor ao produto, os empresários Wilson e Maria Xavier têm como uma das metas para 2006, participar de uma consultoria de 100 horas do Programa Alimentos Seguros (PAS)

Natalis (84) 3217-8341 - Av. Poços de Caldas, 3031, Neópolis, Natal/RN.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários