Cookie Consent
Natal
Sebrae e prefeitura vão mapear os negócios ligados ao segmento do turismo de Natal
Publicado: 18:00:00 - 05/08/2022 Atualizado: 18:04:48 - 05/08/2022
A capital potiguar figura entre os destinos turísticos mais procurados do país, chegando a registrar mais de 1,1 milhão de embarques e desembarques de outras regiões do Brasil e outros 27,8 mil internacionais, antes do período da pandemia, pelos dados do Ministério do Turismo. Estatísticas atualizadas, como essas, sobre o número de visitantes que aportam em Natal, há e são bastante acessíveis. Porém, ainda existe um vácuo de informações precisas sobre os impactos que cada atividade dentro da indústria do turismo gera para a economia da cidade e a indicação dos ramos que são mais rentáveis ou que carecem de políticas públicas mais urgentes.
Sandro Menezes
O levantamento será feito entre os empreendimentos e atrativos turísticos da capital potiguar ainda neste mês

O levantamento será feito entre os empreendimentos e atrativos turísticos da capital potiguar ainda neste mês

Essas lacunas estão prestes a serem preenchidas com dados atualizados. Isso porque o Sebrae no Rio Grande do Norte e a Prefeitura de Natal, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur Natal), firmaram uma parceria e ainda neste mês vão iniciar um mapeamento completo dos negócios ligados ao turismo existentes na capital do estado.

Pesquisadores vão identificar empreendimentos dos segmentos de meios de hospedagem, agências de turismo, operadores de viagens, receptivos turísticos, bares, restaurantes e negócios de alimentação fora do lar, casas de espetáculos e de entretenimento, cinemas, teatros, lojas de artesanato dos bairros, e serviços de bugueiros de Natal e oferta de day use, além de demarcar as principais zonas turísticas da cidade.

A proposta de mapeamento foi apresentada e discutida entre as equipes técnicas do Sebrae e da Setur Natal, que, já na próxima semana, vão capacitar as equipes que atuarão em campo para coleta de informações e pesquisa junto aos donos dos empreendimentos, logo em seguida. A ideia é, ao final, compor um inventário, capaz de reunir informações estratégicas para o setor.

"Vamos conseguir traçar um perfil de quem aposta nesse setor para abrir um negócio e já opera no segmento. Esse tipo de levantamento é muito estratégico porque, a partir das informações, poderemos mensurar a representatividade do turismo na economia natalense”, explica o gestor do projeto de Turismo do Sebrae-RN, Yves Guerra.

Segundo o analista do Sebrae-RN, o diagnóstico permitirá estabelecer mais ações de capacitação efetivas de acordo com as necessidades apontadas e direcionar o suporte que vem sendo dado pelo Sebrae aos empresários.

Em geral, a parceria entre o Sebrae e a Prefeitura de Natal visa conhecer para fomentar o setor de turismo de forma planejada, identificando a quantidade de negócios que integram diretamente essa cadeia. Serão levantados dados e informações de empresas formais de setores e bairros previamente definidos pelas equipes técnicas, como empregos gerados, faturamento bruto, arrecadação gerada para o município e o estado, número total de leitos disponíveis e unidades de meios de hospedagem.

“Isso é fundamental para que possamos saber o tamanho do negócio turismo na cidade e, consequentemente, ações para fortalecer o setor e, ao mesmo tempo, formar parcerias para melhoria desses produtos”, explica o secretário de Turismo de Natal, Fernando Fernandes. Com essas estatísticas tabuladas, será possível traçar ações de sustentabilidade e inovação, por exemplo, direcionadas para empreendedores inseridos no destino. “É fundamental sabermos o que temos para definirmos aonde queremos chegar. Graças a essa parceria com o Sebrae, teremos esses números ainda este ano”, conclui Fernando Fernandes.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte