Secretário de Saúde critica apelo por flexibilização em meio à lotação de leitos

Publicação: 2020-06-01 08:14:00
A+ A-
O secretário municipal de saúde de Natal, George Antunes, reafirmou a importância de seguir as medidas de isolamento social. O gestor público criticou medidas de reabertura gradativa do comércio e reafirmou que, apesar da situação delicada que o sistema de saúde de encontra, o pico da pandemia ainda não chegou. "Se não se tomar uma medida mais rígida para já, teremos um caos instalado nesta cidade", afirmou Antunes.

Créditos: Adriano AbreuGeorge Antunes, titular da SMS Natal, afirmou que o pico da pandemia ainda não chegouGeorge Antunes, titular da SMS Natal, afirmou que o pico da pandemia ainda não chegou


As fortes declarações foram dadas pelo secretário em entrevista na manhã desta segunda-feira, 1º, ao 'Bom Dia RN' da InterTV Cabugi. Para ele, não é o momento de flexibilizar as medidas determinadas pelas autoridades sanitárias, principalmente pelo momento de lotação em leitos críticos e clínicos em todo o RN. 

"[Essa lotação] está diretamente relacionada com flexibilização, baixos índices de distanciamento. Esqueçam decretos de governadores e prefeitos, fiquem em casa. O maior absurdo que podemos ver nos dias de hoje se falar em flexibilização. Os poderes, os governantes tem que ter a coragem de dizer o que são serviços essenciais dentro da cidade, dentro do estado. E não chamar o povo pra rua, distribuindo máscaras para passar uma falsa sensação de segurança", afirma o secretário.

Quando questionado sobre se o RN já chegou no pico da pandemia, Antunes foi enfático. "Se vocês estão achando que a situação está crítica, é porque vocês não tem a noção exata do que estamos passando. Esse pico deve chegar por volta do dia 15 e se estender por mais um período. Se não se tomar uma medida agora, vamos ter um caos instalado nessa cidade. Isso é uma tragédia anunciada. Ou se toma uma medida de apertar essa coisa do isolamento social, ou o caos vai se instalar. Não tem hospital de campanha, não tem hospital municipal que dê conta".

Antunes afirmou que esta semana deverá abrir 15 novos leitos no Hospital Municipal de Natal e que os equipamentos adquiridos pelo executivo municipal deverá chegar também nos próximos dias. "Fui a Brasília verificar os equipamentos para garantir o envio rápido. Esses equipamentos já estão embarcados, devem chegar nesta semana. O aparato é próximo do suficiente para os 100 leitos do Hospital de Campanha e também para leitos que abriremos no Hospital Municipal", afirmou, citando, também, o empréstimo de equipamentos por parte do Governo do Estado para que leitos municipais fossem abertos. 







Deixe seu comentário!

Comentários