Cookie Consent
Natal
Secretaria de Saúde de Natal capacita profissionais sobre a varíola dos macacos
Publicado: 13:51:00 - 06/07/2022 Atualizado: 14:06:32 - 06/07/2022
A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) convidou o médico Kleber Luz para capacitar a rede municipal para o atendimento aos possíveis casos da varíola do macaco. A capacitação ocorreu na noite desta terça-feira (06), no auditório da Universidade Potiguar (UnP). O secretário de Saúde, George Antunes, esteve presente na abertura e destacou que está sendo montado um plano de contingência municipal para definir como será o fluxo de atendimento para os pacientes que apresentarem sinais e sintomas dessa doença.
Divulgação
O secretário de Saúde, George Antunes (e), e o médico Kleber Luz participaram da capacitação

O secretário de Saúde, George Antunes (e), e o médico Kleber Luz participaram da capacitação

O médico ressaltou que, no momento, os dois casos notificados - um caso confirmado e um outro caso suspeito -, são casos que possivelmente se infectaram no exterior, ou seja, são importados e não há transmissão comunitária.“Os inícios dos sintomas são muito parecidos com outras doenças, uma vez que as manifestações clínicas são febre, cefaléia e mialgia. Na consulta é importante perguntar se o paciente tem algum tipo de lesão em alguma parte do corpo”, ressalta Kleber.

Durante a capacitação, o infectologista explicou que enquanto houver lesão, há transmissão que pode durar até 21 dias. Nesse período, o paciente deve ficar em isolamento, em ambiente separado das demais pessoas de seu convívio diário. Além disso, é importante seguir isolamento sexual, uma vez que a transmissão da doença é através das vias aéreas, contato de pele, contato íntimo e relação sexual. Ainda segundo o infectologista, não há medicamento antiviral.

A incubação do vírus dura de cinco a 21 dias e 99% dos casos acomete homens. Diagnóstico confirmatório deve ser feito através RT-PCR,  ou a coleta da lesão, mesmo método utilizado para diagnóstico de covid-19. O primeiro atendimento para essa doença deve ser realizado em uma Unidade Básica de Saúde.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte