Secretaria Municipal de Saúde de Natal vacina idosos de 85 anos e mais

Publicação: 2021-03-02 00:00:00
Felipe Salustino
Repórter

Momentos de angústia e apreensão vividos por muitas famílias desde que a pandemia da covid-19 chegou ao Rio Grande Norte deram lugar, nessa segunda-feira (1º), à alegria e ao alívio para quem, agora, já pode comemorar o recebimento da primeira dose da vacina contra a doença pelos idosos de 85 anos e mais no Estado. Francisca de Oliveira Silva, de 85 anos, não escondeu a euforia, após receber a primeira dose do imunizante desenvolvido pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. 

Créditos: Magnus NascimentoEm Natal, a procura pela aplicação da vacina no drive-thrus montados pela Secretaria Municipal de Saúde foi alta. Imunização continuará até o fim desta semanaEm Natal, a procura pela aplicação da vacina no drive-thrus montados pela Secretaria Municipal de Saúde foi alta. Imunização continuará até o fim desta semana

O público-alvo atual é contemplado com 35,5 mil doses da vacina de Oxford, que chegou ao Rio Grande do Norte na semana passada. Natal foi contemplada com 7,5 mil doses e as demais, foram distribuídas para os municípios do interior do Estado. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), todas as doses já foram distribuídas e cada cidade define o cronograma de aplicação da vacina. A Sesap ressaltou, no entanto, que a orientação do Estado é de que todos os municípios tenham começado a nova etapa nessa segunda-feira (1º).

“Estava ansiosa demais para me vacinar. Se eu pudesse, essa já seria a última dose. Não vejo a hora de isso acontecer. Eu até brinco que não aguento mais ficar dentro de casa. Já vi a hora ter um treco”, disse Francisca de Oliveira Silva em tom de brincadeira. “Estou satisfeitíssima e vou continuar a me resguardar”, emendou ao sair do Shopping Via Direta, onde a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS Natal) montou uma estrutura de drive-thru para quem estava de carro e uma ampla sala de vacinação para pedestres.

Quem também chegou cedo ao local foi Aldenora Laura de Oliveira, de 86 anos. Pouco antes de receber a dose da vacina, ela comentou sobre sua expectativa em relação à imunização. “Estou ansiosa demais. Depois da vacina, vou ficar mais aliviada. Espero que tudo dê certo logo para eu poder visitar Manaus”, onde trabalhou por longos anos. Aos 86 anos, Luzia Cardoso também festejou a chegada da vacina. “Estava esperando há muito tempo. Agora estou agradecendo a Deus. Em maio, eu volto para a segunda dose. Já estou até ansiosa”, revelou.

Para a secretária adjunta de Saúde de Natal, Rayanne Araújo, a grande procura pela vacinação registrada nessa segunda-feira é um bom sinal, mas ela lembra que a população precisa ficar atenta para evitar aglomerações, já que as doses serão aplicadas de modo a contemplar todas as pessoas inseridas num determinado público-alvo. “Cheguei (ao shopping) por volta das 7h e já tinha um volume imenso de carros no entorno do Via Direta. A gente pede à população que tenha calma. Nós fizemos uma programação de acordo com o número de doses recebidas pelo município e nossa meta é promover a ampliação de cada faixa etária, como já fizemos: primeiro vacinamos os idosos acamados com 75 anos e mais, depois os não acamados a partir de 90 anos e, de hoje em diante, os de 85 anos e mais. Em breve, com mais doses recebidas, vamos trabalhar para que essa ampliação aconteça”, explicou Rayanne Araújo.

Ela lembra que a fase atual de vacinação contempla os idosos com 90 anos ou mais que ainda não se vacinaram. Nesse caso, a orientação é para que as pessoas  procurem os pontos de imunização para se vacinarem. Rayanne Araújo ressalta a importância da imunização para o combate efetivo à disseminação da infecção provocada pelo novo coronavírus.

“A única forma que nós temos para combater a pandemia é por meio da imunização de toda a população. Então, a gente pede a conscientização de toda a sociedade. Essas faixas etárias que estão sendo contempladas até o momento devem, sim, procurar nossos postos de atendimento para receber a vacinação. É fundamental também continuar mantendo o distanciamento social e é indispensável o uso de máscara”, reforça a gestora.