Cookie Consent
Natal
Secretaria repudia injúria racial a adolescente durante jogo e diz que vai investigar
Publicado: 14:12:00 - 29/06/2022 Atualizado: 14:15:14 - 29/06/2022
A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) se manifestou nesta quarta-feira (29), por meio de nota, para repudiar a ofensa de cunho racista direcionada a um atleta de 15 a 17 anos, durante jogo de basquete em Mossoró. Em um vídeo, é possível ouvir imitações de macaco vindos da torcida. O caso aconteceu na última segunda-feira (27).

Reprodução
Imitações de macaco ocorreram enquanto o jovem se preparava para arremessar o lance livre

Imitações de macaco ocorreram enquanto o jovem se preparava para arremessar o lance livre

Leia Mais



A SEEC afirmou "manifestar repúdio à ofensa de cunho racista" dirigida ao atleta adolescente. "Sabe-se que foram proferidos gritos assemelhados a guinchardos de primatas (som de macacos), possivelmente direcionados ao atleta supracitado", pontuou. "De forma maldosa, imputa-se aos negros a imagem atrelada aos macacos, animais da ordem dos primatas, a fim de causar um impacto pejorativo e de cunho desumano".

A pasta ainda não identificou os responsáveis pela injúria racial. O pai da vítima também registrou Boletim de Ocorrência em uma delegacia.

A Secretaria de Educação e Esporte ainda afirmou que irá investigar o caso. "Determinamos a instauração de Sindicância para apuração pormenorizada dos fatos". E finalizou dizendo que "injúria racial não é mal-entendido, é crime".

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte