Segurança do RN adere ao programa de combate ao crime organizado em fronteiras e divisas

Publicação: 2021-01-14 12:11:00
As forças de segurança pública do Rio Grande do Norte e do Ceará passaram a fazer parte do programa V.I.G.I.A.  (Vigilância, Integração, Governança, Interoperabilidade e Autonomia), coordenado pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (14) na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), o secretário de Operações Integradas do Ministério da Justiça, Jeferson Lisbôa Gimenes, apresentou os mecanismos de trabalho para a inclusão dos dois estados nordestinos no programa. No Ceará, a apresentação aconteceu na terça-feira (12). O início das ações do programa nos dois estados ainda será oficializado.

Créditos: DivulgaçãoPrograma é coordenado pela Secretaria de Operações IntegradasPrograma é coordenado pela Secretaria de Operações Integradas

O programa utiliza a integração entre equipes especializadas, com padronização de técnicas, táticas e procedimentos, além das possibilidades de investimento em capacitações e equipamentos.

O Rio Grande do Norte e o Ceará são os primeiros estados nordestinos a fazerem parte do programa, além deles, outros 11 estados que fazem fronteiras com outros países, o programa foi implementado também no Tocantins e Goiás. O objetivo é aumentar as fiscalizações e a repressão ao crime organizado, como o tráfico de drogas, por exemplo, além de combater ações do contrabando, e o fluxo de armas e munições, principalmente na divisa entre os dois estados.

 “O V.I.G.I.A. é mais uma importante ferramenta nas ações integradas envolvendo as forças de segurança federais e estaduais no Rio Grande do Norte”, destacou o coronel Francisco Araújo, secretário de Segurança Pública do RN.