Seis jogadores do Athletico-PR testam positivo para covid-19 e não pegam o River

Publicação: 2020-11-24 06:35:00
O técnico Paulo Autuori perdeu peças importantes no Athletico-PR para o jogo contra o River Plate, nesta terça-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O clube informou na noite de segunda que seis jogadores testaram positivo para a covid-19. A equipe não poderá contar com os goleiros Santos e Jandrei, o zagueiro Zé Ivaldo, o lateral-esquerdo Abner, o volante colombiano Alvarado e o meia-atacante Nikão nesta partida.

"O protocolo da Libertadores, diferentemente do aplicado pela CBF, exige que os testes para detecção da covid-19 sejam realizados em todos os membros da delegação do clube, mesmo aqueles que já testaram positivo anteriormente. Assim como em casos anteriores, o clube está tomando todas as providências para garantir a segurança e a saúde de todos os seus funcionários, atletas e familiares", informou o Athletico-PR em um comunicado nas redes sociais e em seu site oficial.

Já o meia Canesin e o atacante Geuvânio testaram positivo anteriormente para a covid-19, estão isolados e já eram desfalque. Além deles, os laterais Jonathan e Márcio Azevedo, o meia argentino Lucho González e os atacantes Carlos Eduardo e Vitinho estão lesionados.

Com isso, o Athletico-PR deve entrar em campo com: Bento; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e João Victor; Richard (Wellington), Ravanelli (Khellven) e Léo Cittadini; Carlos Eduardo (Fabinho), Reinaldo e Renato Kayzer.

O jogo contra o River Plate está marcado para 19h15 desta terça-feira. A volta será na terça da semana que vem, às 19h15, em Avellaneda, na região metropolitana de Buenos Aires. Quem passar pega o classificado de Independiente del Valle-EQU x Nacional-URU nas quartas de final.