Sejuc fecha dois CDPs e 300 presos vão para Alcaçuz

Publicação: 2017-10-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Secretaria de Cidadania e Justiça do Estado (Sejuc/RN), transferiu cerca de 300 presos que estavam detidos no Centro de Detenção Provisória (CDP) da Zona Norte e outro em Nova Parnamirim. O local para onde os presos foram transferidos não foi confirmado, mas segundo fontes ouvidas pela TRIBUNA DO NORTE, eles foram levados para a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. O presídio está sob intervenção da  Força-tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), desde janeiro deste ano. No total, cinco CDPs foram fechados até o momento.
CDP Zona Norte foi fechado pela Sejuc
CDP Zona Norte foi fechado pela Sejuc

A Sejuc confirmou apenas o fechamento das unidades e esclareceu que o destino dos prédios onde funcionavam os CDPs está sendo estudado. Os agentes que atuavam nas unidades foram designados para outras. “A secretaria dará prosseguimento ao projeto de reestruturação do Sistema Prisional. Como elencado no Plano Diretor do Sistema Penitenciário (Plandispen) poderá ocorrer a suspensão de atividades dos Centros de Detenção Provisória cuja existência não mais se justifique, em virtude sobretudo de questões estruturais e de segurança”, disse a secretaria em nota à imprensa.

A operação de transferência começou na noite de sexta-feira (6), e foi finalizada na madrugada deste sábado (7). Do CDP da Zona Norte saíram 194 presos; do CDP de Nova Parnamirim, onde ficavam os presos que cometeram crimes sexuais, saíram aproximadamente 100 homens.  Até o momento, foram fechados os CDPs do Potengi (Zona Norte de Natal), Macau e Santa Cruz.

Mudanças
Em julho passado, a TRIBUNA DO NORTE publicou reportagem sobre o fechamento dos Centros de Detenção Provisória administrados pela Sejuc. As mudanças, porém, não se restringem ao encerramento das atividades em tais unidades. A Sejuc estuda mudar o perfil prisional da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. A pasta analisa a possibilidade de transformar a maior unidade carcerária do estado numa cadeia mista, na qual serão custodiados presos provisórios e condenados de Justiça.

E o início de tal mudança de perfil está condicionada ao fechamento de, pelo menos, cinco Centros de Detenção Provisória  em Natal com transferência dos presos que aguardam julgamento e do o efetivo de agentes penitenciários para reforçar a segurança em Alcaçuz  Tal ideia foi detalhada pelo titular da Sejuc, Luís Mauro Albuquerque Araújo, numa reunião com representantes do Judiciário no dia 11 de julho passado.

Prisões
Policiais da 2ª Delegacia de Polícia Civil, com o apoio da 4ª Delegacia de Polícia, prenderam, na sexta (6) no bairro Brasília Teimosa, Jordenilson Vareliano da Silva, 20 anos, conhecido como “Primo” ou “Nessinho”, e Luiz Morais de Oliveira Júnior, 35 anos, suspeitos de participarem da tentativa de resgate de presos e do tiroteio contra o Centro de Detenção Provisória (CDP) da Ribeira, ocorridos nas primeiras horas da sexta (6).

Através de imagens de câmeras de segurança instaladas em uma praça localizada em frente ao CDP e na Central de Flagrantes do Poder Judiciário, os policiais realizaram uma possível rota de fuga dos criminosos. Nas imagens, é possível a visualização de 12 homens em três carros, sendo esses uma Amarok branca, um Uno vivace, e um veículo sedan preto.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários