Cookie Consent
Alex Medeiros
Selva de Pedra, 50 anos
Publicado: 00:00:00 - 10/04/2022 Atualizado: 11:28:33 - 09/04/2022
Alex Medeiros
[ alexmedeiros1959@gmail.com ]

Não foi a novela de maior audiência da TV, mas foi a primeira grande audiência com impacto de fenômeno popular em 1972, quando foi levada ao ar pela Rede Globo no horário das 20 horas e cujo primeiro capítulo ocorreu num dia como hoje, 10 de abril, há exatos cinquenta anos. Selva de Pedra foi escrita por Janete Clair, que já vinha de quatro sucessos: Rosa Rebelde e Véu de Noiva, de 1969, Irmãos Coragem, de 1970, e O Homem que Deve Morrer, 1971.
Reprodução


Determinada a manter o ritmo de aceitação do público, a Globo centrou fogo na promoção da nova trama, divulgando Selva de Pedra na mídia, nos seus programas de auditórios e em eventos da dramaturgia como o Prêmio Helena Silveira, que contemplava atores e cantores com o nome da jornalista que foi uma renomada crítica de artes cênicas. Meses antes da estreia, a atriz Regina Duarte causou um frisson ao insinuar que não gostava da temática da novela.

Dirigida por Daniel Filho, que contou com o auxílio luxuoso de Walter Avancini e Reynaldo Boury, a novela prendeu as atenções do país com um triângulo amoroso no protagonismo de Francisco Cuoco, Regina Duarte e Dina Sfat. 

Cuoco consagrou-se galã em 1966, na TV Excelsior, com a novela Redenção, e continuou o sucesso em Legião dos Esquecidos (1968) e Sangue do Meu Sangue (1969), indo para a Globo em 1970, com Assim na Terra como no Céu.

Regina, também oriunda da Excelsior, começou em 1965 com duas novelas, A Deusa Vencida e A Grande Viagem. Após nove produções (inclusive fazendo par com Cuoco em Legião dos Esquecidos), estreou na TV Globo em 1969.

Sfat começou a fazer televisão na Tupi, estreando em Ciúme, de 1966, e após três atuações fez Os Fantoches na Excelsior em 1967 e Os Acorrentados na Record em 1969. Foi pra Globo em 1970 com Assim na Terra Como no Céu. 

Francisco Cuoco estava com 38 anos e interpretava Cristiano, um pobre do interior que tenta vencer numa cidade interiorana tocando bumbo para atrair a atenção dos passantes aos sermões bíblicos do pai (Mário Lago), um pastor.

Regina Duarte é a artista plástica Simone, que testemunha a briga de Cristiano em que seu contendor morre pela própria arma. Ela o esconde, depois fogem para o Rio de Janeiro, se apaixonam e estabelecem moradia numa pousada.

O malandro Miro (Carlos Vereza) estimula Cristiano a conhecer o tio rico Aristides (Gilberto Mestrinho) que deixa um estaleiro de herança que será dividido com o primo Caio (Eduardo Dolabella), noivo de Fernanda (Dina Sfat).

A novela se arrasta numa trama emaranhada que gera um triângulo com Fernanda apaixonada por Cristiano e este tentando provar seu amor à Simone, que escapa de um atentado engendrado por Miro e pega o beco para Paris.

Na capita francesa ela se torna artista de sucesso e volta ao Brasil como sendo uma irmã de si mesma, atiçando a saudade do ex-marido, que precisa também escapar da paixão doentia de Fernanda e da dor de cotovelo do seu primo.

O país parava toda noite para acompanhar Selva de Pedra em sua fenomenal audiência que era uma referência até no jornalismo político, como aconteceu na eleição para prefeito de Caicó em 72, entre Manuel Torres e Vivaldo Costa.

Era o auge da dicotomia Aluízio Alves versus Dinarte Mariz, e Torres venceu Costa por poucos votos de diferença, o que não foi deveras acatado pelo outro lado. Um juiz cassou o diploma do eleito e um desembargador desmanchou.

Nas páginas da Tribuna e do Diário, além das rádios Poti, Cabugi e Trairi, todo dia era destacado mais um capítulo da celeuma em Caicó, e as reportagens faziam as referências dando ao caso um sucesso digno de Selva de Pedra.

Inesquecível foi a trilha sonora internacional, uma das mais belas até hoje, com o clássico “Rock and Roll Lullaby” como tema de Cuoco e Regina, e ainda interpretações do jovem Michael Jackson e da diva francesa Françoise Hardy.

Na trilha nacional, um caso histórico e de alto risco para a gravadora Som Livre, fundada pela Globo há apenas três anos. O diretor João Araújo, então pai de um garotinho apelidado de Cazuza, fez uma ousada pergunta para dois irmãos.

Eram os compositores Marcos e Paulo Sergio Valle, desafiados a criarem toda a trilha da novela. “Vocês acham que têm condições de segurar uma novela inteira?”, perguntou. A resposta dos Valle foi mais louca: “Mas é claro que sim”.

Selva de Pedra foi ao ar de 10 de abril de 1972 a 23 de janeiro de 1973, uma trama que Janete Clair se inspirou no romance do americano Theodore Dreiser, e que Daniel Filho dirigiu sentindo o espírito de Fellini na urbanidade da trama.

Surpresa 
A disputa por vaga de deputado federal no PT vai gerar um frisson na segunda-feira com uma notícia que poderá bagunçar as expectativas de votos para o trio Natália Bonavides, Samanda Alves e Fernando Mineiro. E não atinge Fátima.

Humor 
Um dos sketchs mais escrachados entre tantos produzidos por grupos de humor é, sem dúvida alguma, o do Canal Hipócritas colocando Alexandre de Moraes e Daniel Silveira como cônjuges numa sessão jurídica escatológica.

Twitter 
O bilionário Elon Musk não só já lucrou 27% do investimento que fez no Twitter se tornando o maior acionista individual, como provocou náuseas na esquerda dando indicações que a conta do ex-presidente Donald Trump vai voltar. 
Exposição O Sesc RN prorrogou até o dia 18 o prazo para envio de propostas de exposição de artes visuais em sua galeria da Cidade Alta. Podem participar artistas potiguares acima de 18 anos, que concorrerão a prêmio de R$ 3,5 mil.

Flamengo 
O clima de desconstrução do supertime que venceu a Libertadores e quase ganha o bi mundial vai se alastrando na Gávea e atingindo o elenco todo. É triste ver Bruno Henrique, que jogou mais que Neymar, virar jogador comum.

América 
O desempenho do time alvirrubro diante do arquirrival alvinegro nos últimos dois jogos provocou entusiasmo na torcida e um retorno em massa aos estádios. Uma convocação para domingo tece a meta de 25 mil espectadores.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte