Sem transferência

Publicação: 2018-07-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O primeiro repasse de julho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deixou os prefeitos preocupados, principalmente os dos 44 municípios que ficaram com “saldo zero”, ou seja, sem qualquer valor a receber nesta transferência.

Crédito suplementar
Os deputados estaduais que integram a Comissão de Constituição e Justiça aprovaram o pedido do governo do Estado para crédito suplementar voltado ao Instituto de Previdência dos Servidores (Ipern). O limite do valor solicitado pelo Executivo é de até R$ 276,5 milhões, recursos que, segundo o projeto enviado pelo governo, seria resultado de superávit registrado no balanço patrimonial do Estado.

Governadores contra Moro
O juiz Sérgio Moro foi duramente criticado por 11 governadores, entre os quais o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. Em nota, divulgada pelo portal da “Revista Nordeste”, os nove governadores da região, mais os do Acre e de Minas Gerais “condenam a posturam” de Sérgio Moro. Eles afirmam que a sentença do juiz responsável pela condenação do ex-presidente Lula em primeira instância foi “desprovida de competência legal”.

“Extremante técnico”
Após tomar posse, em cerimônia no Palácio do Planalto, o novo ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello, disse que o ministério tem que ser “extremamente técnico”. “Temos que funcionar tecnicamente”, afirmou. Perguntado se vai fazer uma revisão nos cargos da pasta após a terceira fase da Operação Registro Espúrio, deflagrada pela Polícia Federal, que afetou a cúpula do ministério, então comandado pelo PTB, o novo ministro afirmou que se as mudanças forem necessárias, serão feitas.

Liberação do acusado
Preso na terceira fase da Operação Registro Espúrio, na semana passada, o chefe de gabinete do então ministro do Trabalho Helton Yomura, Júlio de Souza Bernardo, foi solto na madrugada desta terça-feira, 10, após o prazo de cinco dias da prisão temporária. A soltura se deu diante da ausência de uma ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) para converter a prisão em preventiva.

Assinaturas para impeachment
Vereadores de oposição na Câmara Municipal do Rio de Janeiro conseguiram as 17 assinaturas necessárias para convocar uma sessão extraordinária para discutir a abertura de processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (PRB). Agora, parlamentares deverão interromper o recesso para analisar a conduta do prefeito.  Em reunião fechada no Palácio da Cidade, na semana passada, Crivella ofereceu a líderes religiosos ajuda para obter cirurgias de catarata e varizes, pelo SUS, para fiéis. Também acenou com a possibilidade de ajuda a pastores com problemas para obter a isenção legal de pagamento de IPTU para seus templos.

Ensino e pesquisa
Demandas para a pesquisa e pós-graduação nas Instituições de Ensino Superior (IES) foram discutidas durante a reunião do Fórum de Reitores do Rio Grande do Norte, realizada na Sala dos Colegiados da UFRN. O grupo aprovou o projeto de apoio à pós-graduação no Estado, que será entregue pela reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, ao presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Abílio Baeta Neves.

Enchente
Coordenador da bancada federal do Rio Grande do Norte, o deputado federal Felipe Maia (DEM-RN), fez um discurso, no plenário da Câmara, para prestar solidariedade aos moradores do município de Touros, que sofrem com os estragos provocados pelas chuvas. A prefeitura decretou situação de emergência.

Insegurança
O ex-deputado Cipriano Correia teve o carro tomado de assalto, quando estava em um café com um amigo. Os bandidos abordaram o motorista do ex-deputado que estava na Land Rover e levaram o veículo.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários