Esportes
Seminário na Ufrn discute corrupção
Publicado: 00:00:00 - 04/06/2015 Atualizado: 22:52:35 - 03/06/2015
Toda a crise envolvendo o a Fifa e, por consequência, o futebol mundial, sobre corrupção, acabou chamando a atenção do professor de políticas públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Fábio Fonseca. Por isso, ele resolveu realizar, na tarde de ontem, na UFRN, o seminário “Corrupção no mundo do futebol: FIFA E CBF”, que, além de contar com a participação dos estudantes do curso, teve as presenças da professora Nelma Gusmão, da UNESB, através de videoconferência, do jornalista Fernando Amaral e de Orlando Caldas, atual vice presidente da Federação Norte-riograndense de Futebol e ex-presidente do Alecrim.
Alunos da Ufrn debateram o problema da corrupção na Fifa junto com professores e convidados
“Este seminário surgiu pela necessidade de debater essa série de denúncias de corrupção envolvendo a Fifa, a partir da investigação do FBI.  O que achamos, através das nossas pesquisas, é que essas entidades que regem o futebol, deviam ser reguladas pelo poder público. Por mais que sejam empresas privadas, utilizam verba do poder público, como foi possível constatar na Copa”, explicou.

Leia Mais

Para o jornalista Fernando Amaral, o que vem acontecendo no futebol mundial, não é a salvação para o esporte, mas, representa o início de uma possível mudança futura. “Pelo menos estamos tendo uma chance de minimizar tudo que foi feito nesses anos de futebol. Não é a salvação, mas está sendo muito bom para o futebol e para o esporte de um modo geral”, disse. Representando a FNF, Orlando Caldas elogiou o que vem acontecendo nos últimos dias, mas, disse que é preciso ter coerência no momento de criticar.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte