Senador Flávio Arns pode ir para o PV

Publicação: 2009-08-21 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Com a notícia da filiação da senadora Marina Silva, dia 30, o Partido Verde tem sido procurado por parlamentares interessados em trocar de legenda durante a aguardada “janela da infidelidade”. Mas, antes disso, o PV pode contar com a adesão do senador Flávio Arns (PR), ligado à igreja católica, que decidiu sair do PT. No DF, dá-se como certa a filiação da ex-deputada Maria José Maninha, ex-PT e hoje no PSOL.

Resistência

A burocracia do PV resiste à adesão de políticos atraídos pela filiação de Marina Silva. Não fechará a porteira, mas não vai escancará-la.

Senador Feldman

Animado, o PV vai convidar o deputado Fábio Feldman a disputar mandato de senador por São Paulo, em 2010.

PT, saudações

A senadora Marina Silva levou trinta anos para descobrir, o colega petista Fábio Arns, quase isso. Lula caiu fora muito antes...

Kabum!

Sugestão de leitura de final de semana para acalmar petistas: “Tudo que é sórdido se desmancha no ar”.

Delúbio & Cia retomam o caminho

Em desgraça desde o escândalo do mensalão, figuras do alto escalão do governo Lula, aos poucos, retomam posições no submundo do poder petista. Além do ex-ministro José Dirceu, ainda muito influente no governo, o ex-tesoureiro Delúbio Soares, figura central do escândalo, circula à vontade na Esplanada dos Ministérios e em festinhas privadas oferecidas nas residências de quem tem poder no governo Lula.

Disfarce

Marcelo Sereno, ex-operador do fisiologismo do Planalto, circula em Brasília escondido sob longos cabelos e barbas brancos.

Viúvo Porcino

O presidente deposto Manuel Zelaya anuncia novo retorno a Honduras. Entrará para a História como o que foi sem nunca ter chegado.

Pendurando as chuteiras

A ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira vai requerer aposentadoria por tempo de serviço até o final do ano.

A cruzada

Lula autorizou e o ministro José Gomes Temporão (Saúde) deve percorrer o País em uma cruzada para ressuscitar a CPMF, agora sob a sigla CSS (Contribuição Sobre a Saúde), com alíquota de 0,1%.

De olho na vaga

O deputado Jilmar Tatto, da cúpula paulista do PT, disfarçando no Twitter, após a renúncia de Mercadante à liderança: “É um gesto nobre do senador. Parece que o próximo passo é não concorrer ao Senado.”

Aviso prévio

Jilmar Tatto está certo: Aloizio Mercadante poderá não concorrer à reeleição, como esta coluna já antecipou, porque Lula, cansado da sua “empáfia”, como diz, deseja isso. E o PT-SP ameaça negar-lhe legenda.

Homenagem

Deputados do PT chamam agora a senadora Marina Silva (AC), de “Divina Pastora”, numa referência irônica ao fato de ela ser evangélica. A ex-ministra nem ligou: “Me sinto homenageada”.

Reciclável

Sobre a grande pizza dos arquivamentos no Senado, Flávio Arns (PT-PR) disse que “a ética do PT foi jogada no lixo”. Senador, é bom não falar em lixo em casa (e escritório) de petista...

O buraco é nosso

O Brasil tem US$ 332 milhões para estradas...da Bolívia. Lula assina amanhã o (nosso) empréstimo ao “companheiro” Evo Morales, que, é claro, jamais será pago, para a construção de uma rodovia de 306km.

Aceno aos quartéis

Lula oficializará aos comandantes militares, nesta sexta, o que eles já estão carecas de conhecer: o plano para reequipar as Forças Armadas, com a compra de caças e submarinos franceses por € 20 bilhões.

Air Correios

Está saindo do forno a medida provisória que cria a Correios Logística, subsidiária da ECT para operar a carga postal. Terá 49% de capital estatal. A escolha dos parceiros será em leilão de ações na Bovespa.

O dia seguinte

O Senado está de ressaca; os eleitores, de ressaco.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários