Natal
Sequestradores revezavam cativeiro de Popó Porcino entre Parnamirim e Pitangui
Publicado: 15:27:00 - 24/07/2012 Atualizado: 20:38:44 - 24/07/2012
Os sequestradores de Popó Porcino faziam o revezamento do local do cativeiro do jovem para despistar a polícia. Durante a ação da Polícia Civil e serviço de inteligência da Sesed, nesta terça-feira (27), os dois locais que serviram para abrigar a quadrilha e o jovem por 37 dias foram descobertos, junto a armas e munição. 

Polícia liberta Popó Porcino; fotos

O cativeiro de Pitangui ficava logo na entrada da praia. Uma pequena casa vermelha era onde ficava o jovem e também a maior parte dos sequestradores. No local, a polícia encontrou uma metralhadora e uma pistola, que foram usadas no momento em que os policiais chegaram para libertar o jovem. Lá, a polícia matou um dos membros do bando e prendeu outros dois homens e uma mulher.

Leia Mais

Já a casa de Parnamirim ficava no distrito de Japecanga. Era outro ponto onde os sequestradores levavam o jovem. No local também foram encontradas roupas e documentos que comprovam a utilização do ponto como cativeiro. A ação dos policiais ocorreu de forma simultânea porque não havia a confirmação de onde o grupo e Popó Porcino estavam.

Durante a ação da polícia, dois homens e uma mulher foram presos em Pitangui, enquanto outro suspeito foi morto durante o confronto. Um suspeito também foi preso no Pitimbu, em Natal.

Popó Porcino já está com a família e não teve ferimentos.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte