Seridó Cine anunciou os filmes selecionados para compor a programação de 2021

Publicação: 2021-01-27 00:00:00
Cinco mostras, formato online, e um apanhado diverso da produção audiovisual nordestina contemporânea. O Seridó Cine, que será realizado de 08 a 13 de fevereiro, anunciou os filmes selecionados para compor a programação de 2021. Serão exibidas 50 obras audiovisuais de nove estados, divididas entre as categorias: Mostra Clip, Mostra Arretada, Mostra Curta Arretada, Mostra RN Ficção e Mostra RN Doc. Cada qual fortalece o objetivo do evento, que é fomentar e promover o segmento cinematográfico regional.

Créditos: Divulgação/Cinema

O Seridó Cine recebeu 325 produções durante o período de inscrições, entre o final de dezembro e começo de janeiro. A coordenação da curadoria ficou a cargo da jornalista, produtora, curadora e cineclubista Priscilla Urpia. Ela ressaltou que foi animador ver tantos filmes inscritos no festival. “É uma constatação de que a região se insere no mapa das produções audiovisuais do país. São narrativas diversas que contam histórias e trazem filmes especiais”, disse.

Segundo Priscilla, o processo de seleção foi um exercício de como fazer um recorte qualitativo de produções nordestinas atuais e trazer o maior número de representantes de diversos estados. “É fundamental para o audiovisual brasileiro a continuidade das produções da região do Nordeste, evidenciando o potencial e alcance de obras que ultrapassam territórios”, afirmou. Para ela, estar num festival como o Seridó Cine é uma grande janela de exibição 

Mostras
A variedade de estilos, temáticas e formatos promete ser uma característica do festival. A mostra “RN Doc” traz produções como o premiado “A tradicional família brasileira Katu”, de Rodrigo Sena; “Cabeça de luz”, de Carito Cavalcanti; “Rosa de Aroeira”, Mônica MacDowell; “Somente após o descanso”, Sihan Felix; “Bixa presa”, Ali Cafrê; “Geoparque Seridó”, de Canindé Soares e Diego Cavalcanti; “Casa com parede”, Dênia Cruz; “O Photographo Zézelino”, de Damião Paz, Henrique José e Meysa Medeiros.

Entre os filmes de ficção potiguares selecionadas para a mostra estão “Vai melhorar”, de Pedro Fiuza; “Mais um João”, de Athos Muniz; “Womaneater”, de Paula Pardillos; “Nocaute”, por João Marcelino; “Dona Cila, não me espere para o jantar”, de Carlos Segundo; “Sicários: Entre bornais e patentes”, Gabriel Santos e Danúbio Silva; “Natureza do homem”, André Santos; “Paralise”, Júlia Sena; “Em reforma”, Diana Coelho.

A mostra “Curta Arretada” traz produções de variadas partes do Nordeste. Entre elas, “A Barca”, Nilton Resende (AL); “Memórias de Quando Metemos o Pé na Estrada”, Weslley Oliveira (PI); “Não Moro Mais em Mim”, Vitor Celson e Bruna Guido (PE); “Os Porcos e a Reza”, Rogério Luiz Oliveira e Filipe Gama (BA); “Remoinho”, Tiago A, Neves (PB); “Iracema Plaza Hotel”, Reinaldo Jorge Menezes (CE); “Nadir”, Fábio Rogério (SE).

A mostra “Arretada” também contempla toda a região, incluindo filmes como “Aponta pra Fé – Ou todas as músicas da minha vida”, Kalyne Almeida (PB); “A História de Parelhas”, Alex Macedo (RN); “Cavalo”, Rafhael Barbosa e Werner Salles (AL); “Fendas”, Carlos Segundo (RN); “O Jogador”, Gabriel Lima e Geraldo Guedes (PB); “O que acontece quando nada acontece”, Alcimar Veríssimo (PE); “Retirante Juvenil”, Dan Borges (BA), e “Sapato 36”, Petrônio Lorena (PE).

Para quem curte música, a mostra “Clip” vai mostrar como as imagens e os sons estão se combinando por aqui. Na seleção estão “Além Mar”, do Forró do Cabrunco (AL); “Antúrio Branco”, Sargáço Nightclub (PE); “Camisa 9”, Diniz K9 (RN); “Chato”, Marco Gabriel (MA); “Modais”, Silvio Filgueira (RN); “Origem”, Wescley Gama (RN); “Primeiros Tons”, André Dias (BA); “Quadros”, Juliana Gomes (RN); “Sad Nostalgic Dream”, Bessa Beach Army (PB) e “Tirem as cercas”, Regiane Araújo feat. Núbia e Débora Melo (MA).

A realização do Serido Cine é da Referência, com patrocínio da Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Governo do RN, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Serviço:
Seridó Cine – Festival Audiovisual. De 08 a 13 de fevereiro, em plataforma online. 
A seleção completa pode ser vista no site. 










Leia também: