Servidores em greve continuam acampados

Publicação: 2017-11-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O acampamento de servidores da saúde e professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) na frente da Governadoria prosseguiu ao longo desta terça-feira (14). Sem qualquer sinalização de  uma audiência com o governador Robinson Faria (PSD), os servidores pretendem permanecer no local por 48h.

Segundo os sindicatos, caso esse prazo chegue ao fim sem resposta do Governo, eles afirmaram que vão se reunir para decidir os próximos passos do movimento grevista, que teve início na saúde nesta segunda-feira (13) e na UERN na última sexta-feira (10).

Ao todo, cerca de 50 servidores se encontravam na Governadoria. Na última segunda-feira, ao tentarem entrar pela segunda vez no prédio para falar com o Governador os servidores foram recebidos com spray de pimenta pela segurança do prédio. A confusão, no entanto, chegou ao fim em poucos minutos, e depois disso não foi registrada mais nenhuma ocorrência de uso da força no local.

Ontem, o policiamento em frente à Governadoria aumentou visivelmente, tendo sido adicionadas mais barreiras físicas entre a rampa principal e as entradas, tanto na principal como na lateral, onde ocorreu o confronto. As categorias estão em greve, por tempo indeterminado, devido ao atraso não pagamento da folha salarial, que  em algumas situações está sendo paga com até 64 dias após o quinto dia útil.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários