Cookie Consent
Natal
Servidores encerram greve
Publicado: 00:00:00 - 14/12/2013 Atualizado: 00:31:56 - 14/12/2013
Os Servidores da Saúde Estadual decidiram em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (13), na sede do Sindicato dos Servidores da Saúde do RN (SindSaúde), encerrar a greve iniciada no último dia 10. Na segunda-feira, haverá uma audiência convocada pelo Ministério Público, reunindo o Sindsaúde e o secretário de Saúde, Luiz Roberto Leite Fonseca. A audiência foi convocada após denúncia do Sindsaúde, no dia 10/12, de quebra do acordo assinado em setembro.

O SindSaúde informou que a categoria continua em estado de greve até o dia 22 de janeiro, quando irá realizar uma nova assembleia e decidir os rumos das negociações. A greve tinha o objetivo de forçar o envio para a Assembleia Legislativa do projeto de lei que trata da implantação da tabela salarial elaborada pelo Dieese, com base na Lei 333/2006.

O problema é que a AL entrou em recesso hoje e, por isso, os servidores acharam melhor voltar às atividades. “A greve neste momento não tem sentido já que a Assembleia está em recesso”, disse Simone Dutra, presidente do SindSaúde. O secretário da pasta, Luís Roberto Fonseca, promete enviar o documento logo após o recesso e garante que será em tempo suficiente para cumprir o acordo.

Insatisfeitos, os servidores fizeram protesto ontem pela manhã em frente ao Hospital Santa Catarina. O local foi estratégico diante da decisão de fechamento do pronto-atendimento pediátrico da unidade, que encerrou atividades ontempor falta de pediatras para fechar a escala.

No final da tarde, a Sesap divulgou nota onde considera que ao decidir pela suspensão da greve o sindicato “demonstra sensatez e equilíbrio”. Na nota, a Secretaria reforça que “o principal beneficiário da suspensão da greve é o usuário da Rede Estadual de Saúde Pública”.

 A Sesap se comprometeu a  permanecer empreendendo esforços para melhorar as condições de trabalho do servidor da saúde e reiterou que “todas as medidas tomadas têm o objetivo de defender o interesse coletivo e garantir a assistência à saúde”.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte