Servidores federais protestam contra reajuste aplicado pela Geap em planos de saúde

Publicação: 2019-11-14 09:52:00
Servidores federais do Rio Grande do Norte estão promovendo um protesto, na manhã desta quinta-feira (14), no prédio da Fundação da Seguridade Social (Geap), na Romualdo Galvão, em Natal. Eles reclamam de um reajuste aplicado recentemente nos planos de saúde, que em alguns casos, chega a 600%.

A mobilização é organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores Federais em Previdência, Trabalho  e Saúde no Rio Grande do Norte (Sindprevs-RN).

Créditos: Magnus NascimentoProtesto dos servidores federais na sede da GeapProtesto dos servidores federais na sede da Geap

Protesto dos servidores federais na sede da Geap

Esse reajuste, segundo a comunicação do Sindicato, era limitado a 8% do salário desses servidores ou a um teto de R$ 400. Esse valor é pago há 20 anos. Uma ação judicial datada de 2008 chegou a tramitar para mudar esses valores, mas a Justiça decidiu pela manutenção da quantia a favor dos servidores. Entretanto, segundo o sindicato, o reajuste foi comunicado sem nenhuma reunião com os servidores potiguares, únicos afetado com o reajuste.

Créditos: Magnus NascimentoDireção do sindicato se reúne com representantes do plano de saúdeDireção do sindicato se reúne com representantes do plano de saúde

Direção do sindicato se reúne com representantes do plano de saúde

De acordo com a comunicação do Sindicato, esse reajuste foi comunicado na última quarta-feira (06) e já passa a valer em dezembro. Em assembleia promovida nesta quarta (13), a categoria autorizou com entrada de uma ação judicial para barrar esse reajuste.

“O intuito é buscar uma reunião com a Direcs, que é a direção nacional da Geap, para buscarmos uma solução para esse reajuste que foi dado nas mensalidades dos servidores na base do Sindprev aqui no Rio Grande do Norte que ultrapassou os 500%. É inadmissível que o plano de saúde faça um abuso desse com relação a seus servidores, a seus assistidos”, disse o vice-presidente do SindPrevs-RN, Djalter Rodrigues.

Neste momento, a direção do Sindicato está numa reunião com o gerente regional da Geap-RN, João Bastos, para discutir a pauta e tentar uma reunião com a direção nacional.

A Geap Nacional emitiu um comunicado no final da manhã desta quinta-feira (14). "A Geap Autogestão em Saúde vem esclarecer que a interpretação da liminar pelo juiz da comarca do Rio Grande do Norte é restabelece a igualdade entre os beneficiários, considerando o caráter solidário de uma Operadora de Autogestão", disse.

Atualizada às 12h00