Cookie Consent
Natal
Sesap confirma epidemia de dengue
Publicado: 00:00:00 - 20/05/2016 Atualizado: 02:11:41 - 20/05/2016
O aumento no número de notificações de Dengue em 2016  levou a Secretaria de Saúde do Estado (Sesap) a reconhecer a epidemia da doença no Rio Grande do Norte.  Segundo a  subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica (Suvige), Cristiane Fialho, desde janeiro deste ano a curva que mede os índices de infestação da doença subiram no Estado, mas configuração de surto periódico só foi constatada recentemente. Ainda de acordo com a Sesap, este é o quarto ano  consecutivo de epidemia de dengue no RN.
Sala de situação analisa sistematicamente as notificações no Estado
“Temos um instrumento que se chama diagrama de controle, e ele nos diz quando a curva está acima do limite superior. De acordo com o boletim 14, ainda estamos em epidemia”, detalhou a subcoordenadora. O diagrama é elaborado seguindo os critérios de incidência de dengue nos últimos 10 anos; índice de infestação predial (porcentagem de imóveis que possuem focos positivos de dengue); índice de pendências (porcentagem de imóveis onde não foi realizada a visita domiciliar do agente de endemias) e densidade demográfica.

O número de casos de suspeita de dengue quase duplicou no primeiro trimestre de 2016, quando comparado com o mesmo período do ano passado. De acordo o último boletim epidemiológico publicado em 12 de maio, pela Secretaria de Estado da Saúde Pública, entre o dia primeiro de janeiro até o dia 2 de abril, foram notificados 31.397 casos suspeitos de dengue em 2016, representando uma incidência de 1.098,37/100 mil/hab. No mesmo período de 2015 foram 16.017 casos e a incidência foi de 477,49/100 mil/hab.

Leia Mais

“Até a semana 14, tivemos um aumento significativos de casos suspeitos de dengue. A tendência é que a gente tenha queda nas próximas semanas, pelo sazonalidade da doença. Todos os anos a curva sobe, mas depois diminui”, disse Cristiane.  A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica disse que na próxima semana deve

Os dados, que estão inclusos no boletim do Núcleo Estadual de Vigilância das Arboviroses, apontam que, até o momento, foram confirmados 6,1% dos 1.918 casos notificados, sendo 1.884 para dengue; 29 para dengue com sinais de alarme e cinco para dengue grave. Em 2015, no mesmo período, foram confirmados 3.070, sendo 3.042 para dengue; 24 para  dengue com sinais de alarme e quatro para dengue grave.

De acordo com o Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD), em 2016, 88 municípios do RN (52,7%) apresentam uma alta incidência acumulada de dengue, justamente aqueles que notificaram mais de 300 casos da doença por 100 mil habitantes. Outros 41 (24,6%) têm média incidência; 28 (16,8%) têm baixa incidência e 10 (6%)   não notificaram caso suspeito.

Para combater a dengue no RN, estão sendo realizadas ações desde janeiro deste ano,  como a capacitação para agentes de combate às endemias, visitas aos municípios para prestar apoio técnico, além da operação de UBV (carro fumacê) em 30 municípios. A Sesap chama a atenção para os cuidados com relação a possíveis criadouros do mosquito, orientando para que a população fique alerta às medidas de prevenção.



Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte