Cookie Consent
Natal
Sesap divulga novo boletim epidemiológico das arboviroses no RN
Publicado: 10:48:00 - 30/06/2022 Atualizado: 10:56:38 - 30/06/2022
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou nesta quinta-feira (30), o mais recente boletim epidemiológico das arboviroses no Rio Grande do Norte, referente ao período compreendido entre a Semana Epidemiológica 1 até a 24, encerrada em 18 de junho de 2022. O boletim traz um panorama do cenário epidemiológico das arboviroses até o momento.
Alex Regis

No que diz respeito à dengue, foram notificados, até a Semana Epidemiológica 24, 30.850 casos suspeitos de dengue no RN, dos quais 4.614 foram confirmados, 27.252 casos considerados prováveis, 3.598 descartados, dois óbitos confirmados e 19 em processo de investigação. A incidência apresentada foi de 765,31 casos prováveis por 100.000 habitantes.

Com relação à Chikungunya, foram notificados no RN, até a Semana Epidemiológica 24, 10.559 casos suspeitos da doença, sendo confirmados 1.634 casos, 9.146 casos considerados prováveis, 1.413 descartados e nenhum óbito confirmado e três em processo de investigação. A incidência foi de 256,84 casos prováveis por 100.000 habitantes. 

Já no que diz respeito à Zika, entre a semana epidemiológica 1 e 24 de 2022 no RN, foram notificados 3.673 casos suspeitos da doença, sendo confirmados 232 casos, 3.002 casos considerados prováveis, 671 descartados e nenhum óbito confirmado. A incidência foi de 84,30 casos prováveis por 100.000 habitantes.

Com relação a casos de Zika em gestante, houve 10 casos confirmados em 2022, por critério laboratorial. O quantitativo de casos de Zika em gestantes é destacado na análise do cenário epidemiológico, devido à capacidade do Zika Vírus provocar microcefalia ou alterações no sistema nervoso central do feto gestado.

Prevenção

A Sesap reforça, junto à população, os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses. Estão entre as medidas não colocar lixo em terrenos baldios, lavar bem as vasilhas e  ou reservatórios de água dos animais de estimação, ficar atento aos locais que possam acumular água parada, receber a visita dos agentes de endemias e manter em local coberto pneus inservíveis e outros objetos que possam acumular água.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte